14 de jun de 2010

Cápitulo 48° Reencontro

Posted by Daniella On 6/14/2010 6 comments

Seth

As árvores pareciam grandes borrões passando por mim, meus pés quase não tocavam no chão, talvez não tocassem mesmo, talvez eu estivesse voando, pois quando penso na Nick eu sempre estou voando, voando e sofrendo com sua ausência.
Estava me aproximando de Seattle quando senti um cheiro familiar, um cheiro que eu reconheceria por toda a minha eternidade, um cheiro que eu saberia diferenciar mesmo se estive dentro de uma sala enorme com bilhões de pessoas. Aquele era o cheiro que eu tanto necessitava, aquele era o cheiro mais perfeito que poderia existir, aquele era o cheiro dela. Coloquei as minhas patas para acelerarem mais. Atravessei um espaço de 300 metros. E ali deitada debaixo de uma árvore com a cabeça apoiada na raiz da árvore estava ela. Ela parecia tão fraca, tão machucada, tão indefesa, aquilo me cortou o coração. Voltei para a minha forma humana, vesti meu short e fui direto para o lado da Nick. Coloquei sua cabeça em meu colo e comecei a chamar por ela.
-Nick. Nick acorda. Você esta bem? Você consegue me ouvir? –eu necessitava que ela falasse, estava muito feliz só de poder ter ela ali nos meus braços como sempre a imaginava, mas ouvir aquela voz de sinos novamente seria extraordinário.
-Seth. –ela disse em um sussurro. Ela disse meu nome àquilo fez com que meu coração quase saltasse para fora. Mas seu rosto estava inchado e estava sangrando. Aquilo me deixou furioso.
-Nick o que aconteceu? Quem fez isso com você? –ela abriu os olhos, seus olhos que eram vermelhos agora eram dourados marrom.
-Os Volturi. Mas Seth ajude-me, por favor. –os Volturi? Mas por quê? Como? Mas a Nick tinha razão depois ela poderia me dar essas respostas agora eu tenho que levar ela para a casa dos Cullen, Carlisle tem que ajudá-la.
-Claro, eu vou ti ajudar sim ta bom? Não se preocupe. –eu dei um sorriso para ela, e ela tentou retribuir mais o sorriso pareceu mais uma careta. Eu retirei sua cabeça de meu colo e me levantei, teria que levá-la em forma de lobo assim seria mais rápido.
-Não! Não me deixa não! –ela disse estendendo a mão querendo me alcançar. Aquilo fez com que eu voltasse rapidamente e colocasse sua cabeça em meu colo novamente.
-Calma querida calma. Eu só ia me transformar em lobo, assim chegaremos mais rápido na casa dos Cullen e o Carlisle pode cuidar desses seus ferimentos. –ela pareceu se tranqüilizar. –agora espera só um pouquinho? Eu já volto. –ela assentiu. Eu coloquei a cabeça dela com gentileza na raiz da árvore novamente e fui pra trás de uma árvore, retirei o short e coloquei-o no meu tornozelo e deixei o fogo tomar conta de mim. Sai do meio das árvores e fui até ela, como eu ia colocá-la em minhas costas? Isso é um problema. Fiquei olhando para ela e ela me olhou com curiosidade.
-Que foi lobinho? –ela me chamou de lobinho? Nossa eu quase cai pra trás. Concentra Seth concentra, agora não é hora disso, você tem que pensar em como tirar a Nick daqui. –Ah é você não fala. Desculpa. Bem você pretende me tirar daqui nas suas costas? –eu assenti para ela. E ela sorriu esse sim pareceu um sorriso de verdade. –Quer ajuda? –eu assenti novamente, mas como ela podia ir parar nas minhas costas naquele estado? Eu me abaixei perto dela. Isso deveria ajudar, mas quando eu olhei para ela, ela estava voando por cima da minha cabeça, e depois caiu em cima das minhas costas. –Desculpa, eu to acabada, voar por quase 200k é dureza. –ela acha que me machucou? Será que ELA se machucou? E como ela voa? Ela tem que me responder a varias perguntas. Ela se sentou nas minhas costas, depois ela tirou um manto que ela estava vestindo e cobriu parte das minhas costas com ele e depois segurou meus pelos mais por cima do manto. –Meu poder, se eu tocar em você, você provavelmente vai desmaiar. –é verdade. Eu assenti. Ter ela em minhas costas era um grande alivio. Eu mal a conhecia, mas era como se eu a conhecesse fizesse muito tempo, e o amor que eu tenho por ela é imenso. Virei para a direção de onde eu tinha vindo e comecei a correr. Senti-a colocando a cabeça no meu pescoço, não conseguia sentir sua pele só a pressão de sua cabeça em minhas costas, o manto não deixava que nós tivéssemos contato um com a pele do outro. Ela parecia estar muito cansada mesmo, coloquei minhas patas para correr mais rápido, mas só que com cuidado para ela não cair ela não parecia que segurava muito firme em mim. Parecia que ela estava dormindo em minhas costas e talvez estivesse mesmo, conseguia ouvir só sua respiração.
Estávamos já em Forks, eu corria pela floresta. Nós não estávamos longe da casa dos Cullen, faltavam só alguns metros. Parei de correr quando cheguei à entrada da casa dos Cullen, eu uivei, apareceram na varanda todos os Cullen, o Jacob e os Denali os convidados da festa de aniversário da Nessie. Eles não se mexiam, só ficavam olhando para mim e para a Nick surpresos.
-Nick. –disseram todos menos os Denali. Eu uivei novamente, será que eles iriam ficar ali parados para sempre? Eles não estão vendo que a Nick precisa de ajuda?
-Carlisle me ajude a pegá-la. –disse Edward se aproximando de mim. Carlisle assentiu e o acompanhou. –Mas não toque nela. Vamos a cobrir com esse manto. –Carlisle e Edward retiraram o manto de debaixo da Nick e a cobriram e depois o Edward a pegou no colo e a levou para dentro da grande casa. Todos o seguiram, eu fui para o meio das árvores e voltei à forma humana, vesti meu short e entrei dentro da casa, agora eu só quero ficar com a Nick e não sai mais do seu lado.

Nick

Eu estava exausta, eu não conseguia correr muito por causa da minha perna quebrada então eu na maioria do tempo voava, mas isso acabava de vez comigo, eu estava usando o poder do Demetri rastreando os Cullen, mas eu estava muito cansada desde a noite passada eu não descansa e já era a hora do crepúsculo. Eu não agüentei mais e desabei debaixo de uma árvore e bati com a cabeça na raiz.
Comecei a sentir um cheiro familiar, um cheiro bom, um cheiro doce delicioso. Um cheiro de lobo. Graças a Deus, será que era o Jacob ou o Seth? Sentir mãos quentes tocarem a minha cabeça e algo quente debaixo de mim, eu me sentia tão bem agora, me sentia tão protegida.
-Nick. Nick acorda. Você esta bem? Você consegue me ouvir? –era o Seth, era aquele garoto que falou comigo depois de eu ter descobrido qual era o meu dom. Aquele no qual não parava de me olhar.
-Seth. –eu queria abrir meus olhos queria ver seu rosto. Queria ter certeza de que aquilo não era um sonho. Queria ter certeza que por eu estar tão desesperada para encontrar um Cullen ou um lobo eu estivesse imaginando um agora.
-Nick o que aconteceu? Quem fez isso com você? –ele perguntou. Eu conseguir abrir os olhos e não era imaginação minha ele era real, o garoto de pele morena, forte, cabelo curto e olhos negros, era real.
-Os Volturi. Mas Seth ajude-me, por favor. –eu não queria falar naqueles traidores agora, eu não queria falar deles nunca mais, a única coisa que eu queria no momento era voltar para casa se é que eu tenho uma mesmo.
-Claro, eu vou ti ajudar sim ta bom? Não se preocupe. –ele me deu um sorriso e eu retribuir, mas acho que não pareceu bem um sorriso. Ele tirou minha cabeça de seu colo quente e a colocou na raiz da árvore fria. E saiu de perto de mim. Não, o que ele estava fazendo? Eu não queria ficar no frio, eu queria ficar no quente de seu corpo, queria que ele ficasse comigo. Apesar de eu não ter esse direito, mas ele não podia me deixar, ele disse que ia me ajudar não disse?
-Não! Não me deixa não! –levantei meu braço tentando o alcançar, mas a distancia era muito grande. Eu nem notei quando ele estava ali perto de mim outra vez, só notei por causa do calor que me atingiu vindo dele.
-Calma querida calma. Eu só ia me transformar em lobo, assim chegaremos mais rápido na casa dos Cullen e o Carlisle pode cuidar desses seus ferimentos. –eu assenti e me fiquei mais calma. –agora espera só um pouquinho? Eu já volto. –ele colocou minha cabeça novamente na raiz e desapareceu entre as árvores, esperei um momento e de trás das árvores apareceu o grande lobo areia. Ele se aproximou de mim e ficou me olhando, eu olhei para ele com curiosidade.
-Que foi lobinho? –eu lhe perguntei, fiquei esperando mais não houve resposta. –Ah é você não fala. Desculpa. Bem você pretende me tirar daqui nas suas costas? –essa parecia à única forma. Ele assentiu, e eu sorri para ele, dessa vez eu conseguir. –Quer ajuda? –ele assentiu novamente. Eu me concentrei bastante, eu iria gastar minhas últimas energias tentando fazer isso. Eu conseguir voar mais uma vez, quando eu olhei para ele, ele estava se abaixando, talvez pensando que em fosse subir nele pelo chão, ele olhou para mim e vi em seus olhos curiosidade e espanto, cai em cima de sua cabeça e fui parar no meio da suas costas. –Desculpa, eu to acabada, voar por quase 200k é dureza. –e era mesmo. Eu me sentei em suas costas, eu já estava quase colocando as mãos em seu pelo, mas me lembrei do meu dom, retirei o manto e coloquei por cima das costas do Seth e segurei em seu pelo, mas sem realmente tocá-lo. –Meu poder, se eu tocar em você, você provavelmente vai desmaiar. –eu expliquei para ele, ele assentiu e nós começamos a correr, eu estava muito cansada, desabei nas costas do Seth e ali eu apaguei, mas estava tranqüila, agora eu sabia que eu estava segura e entre amigos.


E ai oq acharam desse encontro?
Comentem^^ Bjsculos^^

6 comentários:

dany vc ainda pergunta se gostei eu amei adorei e simplismente o maximo querida parabens parabens parabens

ficou lindo o cap,
amei o reencontro dos dois
e mais ainda por ela sem saber gostar da presença dele
posta mais

bjsss:t

Owwww ty lindinhuh! :h


Continuaaaa! :n


Vai lah Nick! :s

By: Aya/Bruh...

AMO RECOMEÇAR...

posta mais hoje por favor?

vai la NICK :s

Aiii que lindooo Dany!!
Simplesmente ameii
Parabens amiga
Ta cada vez melhor!

Posta mais hj por favor??
Bjuss

Amei o reencontro, muito bom,Lobinho é?
Nossa se o Seth tivesse na forma humana concerteza teria corado e teria ficado pasmo viu.

QUERO MAISSSS.

BEIJOS. :n

Postar um comentário

Não esqueça de comentar, isso incentiva os escritores e também a mim que tento agradar a vocês.