25 de jan de 2011

capitulo 74

Posted by sandry costa On 1/25/2011 1 comment

O que realmente aconteceu




Narraçao Original Isabell


Eu me sentia estranha quando acordei, meu corpo todo doia e eu estava muito confusa com o que tinha acontecido comigo.
A parte de cima de meu corpo estava toda enfaixada, minha perna esquerda estava com pequenos curativos e uma parte de meu braço estava com manchas roxas. Minha cabeça latejava, eu tentava lembrar o que tinha acontecido, tinha sido atacada por uma vampira.
Aquilo parecia um pesadelo.
-Isabell acordou - ouvi Edward falar no andar de baixo.
Instantes depois, minha mae entrou no meu quarto acompanhada pelo resto de minha familia.
-Oi - disse ela.
-Oi - falei, minha voz estava rouca.
-Como esta se sentindo? - perguntou meu pai.
-Ah... estranha - respondi.
Eles sorriram.
Eu estava confusa.
Porque todos eles estavam juntos no meu quarto?
-Queremos que voce nos conte o que realmente aconteceu quando voce foi caçar ontem, sabemos que foi atacada - Edward explicou.
-Ah...
-Mais, se voce nao estiver se sentindo bem agora, nós esperamos - disse Bella.
-Esta tudo bem - murmurei, sem saber exatamente por onde começar - Ontem quando sai de casa, algo estranho aconteceu comigo eu senti um calafrio muito forte... - falei.
-Um calafrio? Mais... - Carlisle ficou confuso.
-Sim, é estranho eu sei, mais voces vão entender depois - hesitei lembrando-me - Logo depois disso quando cheguei a floresta, senti um cheiro diferente, mais doce e mais forte que o nosso, nao imaginei o que poderia ser, entrei em posiçao de ataque á medida em que o cheiro se aproximava. De repente senti um outro calafrio, mais forte que o outro, quando percebi, estava no chao, e o estranho foi que ninguem encostou em mim pra que eu caisse - hesitei novamente, percebi que enquanto eu falava a cena se repetia em minha mente e Edward via tudo - Levantei-me imediatamente do chão, olhei ao meu redor e instantes depois havia uma mulher parada na minha frente. Ela sorria pra mim, e me olhava maliciosamente, como se já me conhecesse. - falei.
-Como era ela? - perguntou Esme.
-Loira, de olhos vermelhos, ela era muito bonita e estava muito arrumada - murmurei.
Fechei os olhos por um instante tentando apagar aquela cena em minha mente e vi mais uma vez o rosto daquela vampira, os olhos fixos nos meus, como se ela fosse me atacar novamente.

1 comentários:

ai pobrezinha mal acordou e já é bombardiada de perguntas por toda familia...rsrs..
amiga tava tudo muito lindo
beijusss

Postar um comentário

Não esqueça de comentar, isso incentiva os escritores e também a mim que tento agradar a vocês.