19 de fev de 2011

Capitulo 12 - Columbia

Posted by sandry costa On 2/19/2011 12 comments


Columbia

Narradora
         Durante a noite Arthur sempre vinha ver a Ness, e a cada dia que passava o amor de ambos crescia. Ness aproveitava cada minutos de suas férias com seus pais, seria muito difícil pra ela ficar sem eles. Eles fizeram pequenas viagens durante toda a férias, somente aproveitando antes que Ness fosse pra NY. Nanda, Bia, Luly’s e Ness, se falavam todos os dias, pelo MSN e pelo celular. Luly’s havia ido pro interior com os pais, Bia foi pra Alemanha com uma prima, enquanto Nanda continuou em Hatwai assim com a Ness.
         Quando faltavam duas semanas pras aulas começarem Jake, Nessie e Ness foram até Nova York conhecer a universidade, e Jake e Nessie tinham uma surpresa pra Ness. O campus era enorme e Ness ficou encantada, seu pai super protetor, olhava cada detalhe.
         - Ness sua mãe e eu compramos um apartamento pra você e as meninas morarem. – Jake falou, enquanto saiam da universidade.
         - Serio? – Ness perguntou surpresa, ela ainda não havia pensando em onde iriam morar.
         - Sim querida. Tem um prédio, próximo ao campus, que aluga ou vende seus apartamentos somente pra estudantes. E nós compramos um dos apartamentos pra você. – Jake falou com um sorriso. – Podemos ir lá vê-lo, caso você queira.
         - Você tem duvida? – Ness o respondeu, entrando no carro, ela não se contia de alegria.
         O prédio era em um condomínio lindo, com vários prédios, dois pequenos jardins entre os prédios e uma pista pra esportes. O prédio onde era o apartamento, era todo vermelho, com grande janelas de vidro. No hall tinha um porteiro muito simpático que os deu as boas vindas, confundindo o Jake e a Nessie com outros estudantes. O apartamento era no décimo terceiro andar e quando eles chegaram lá, Jake entregou as chaves para Ness abri. Ela sentiu o coração acelerar quando pegou a chave e a girou.
         A entrada dava em uma sala que ela era dividida por uma parede com um aquário grande em baixo, nela tinha grandes janelas de vidro, que cobria todo lado de uma das paredes. De um lado da parede ficava uma sala de estar, com sofás verdes e varias almofadas, e uma mesinha de centro. Do outro lado ficava a sala de TV, com um sofá branco, pufs verdes e uma TV led 60º. Ao lado tinha uma escada que ia para os quartos e de frente para a sala tinha um corredor que ia pra cozinha e banheiro.      
Eles foram até a cozinha, que era toda branca, com os utensílios de aço. Uma cozinha pequena comparada ao restante da casa. Depois da cozinha eles Subiram para o segundo andar, havia um corredor grande com quatro portas, cada quarto estava lindamente decorado, eles entraram no que Nessie disse que era o da Ness e ela não sabia como fechar a boca. O quarto era branco com dourado, com um grande espelho em uma das paredes, uma cama de casal com dois criados, um de cada lado. Tinha uma porta que dava pra um closet enorme de onde entrava num banheiro em tom de verde com branco, uma banheira e em uma das paredes havia uma cascata de água.
         - O que achou filha? – Nessie perguntou, Ness a olhou sorrindo.
         - Perfeito.

♥♥♥
         Ness estava em casa em menos de vinte minutos e o seu telefone tocou.
         - Hi girls. – Nanda falou quando Ness atendeu.
         - Helo. Que saudade amiga. – Ness falou, realmente com saudade, apesar da Nanda não ter viajado, ela quase não se viram nas férias.
         - Adivinha quem chegou? – Nanda perguntou e antes que Ness respondesse Bia e Luly’s gritaram.
         - Paty.
         - Não acredito, quando vocês chegaram? – Ness perguntou.
         - Estamos indo pra ir e contamos tudo. Kiss gata. – Nanda falou e desligou o telefone.
         - As meninas chegaram. E estão vindo pra cá. – Ness falou ao pais e subiu pro seu quarto. Em menos de meia hora as meninas chegaram e elas fizeram a festa. Bia contou que conheceu um garoto na Alemanha e que ela estava gostando dele, mas Ness sabia que seu interesse passaria logo. Ness contou que foi a NY, contou que os pais havia lhe dado um apartamento pra que elas morassem juntas.
         As ultimas duas semanas Ness dividiu seu tempo entre as amigas e os pais, e a noite sempre recebia a visita de Arthur. Na véspera do dia de sua viagem Ness sentia o coração apertado.
         - Algum problema? – Arthur a perguntou e ela negou, Ness não queria que ele soubesse que ela estava com medo, afinal era a primeira vez que se separaria dos pais.
         - Você vai ir me ver em Nova York. Certo. – Ness falou, toda vez que ela o fazia essa pergunta um brilho diferente refletia nos olhos de Arthur, Ness percebeu, mas preferia não perguntar, assim como outras duvidas que ela tinha. Arthur deu um pequeno aceno com a cabeça e acariciou os cabelos de Ness até que ela adormeceu em seus braços.
         O ultimo dia de Ness em Hatwai foi agitado, ela acordou cedo e tomou café com seus pais e Maria. Após o café Nessie e ela subiram pra conferir se não estavam esquecendo nada importante. As duas ficaram arrumando tudo até a hora que Maria as chamou pro almoço, o almoço foi silencioso, mas harmonioso.
         - Filha toca pra gente. – Jake falou após o almoço e Ness tocou varias musicas para os pais, depois ela se sentou entre os dois e ficaram ali abraçados.
         - Vou sentir tanto a falta de vocês. – Ness falou, finalmente deixando as lagrimas, que ela tanto segurava, escaparem.
         - Nós também. – Jake falou secando suas lagrimas, suas palavras continham uma dor profunda, Jacob sabia com doía ficar longe de uma filha, ele estava longe dos seus três filhos. – Mas Nova York é logo ali.
         - Chega de tristeza. – Nessie falou se levantando com um sorriso enorme. – Vem. – Nessie estendeu a mão para a filha que a pegou já sorrindo. As duas foram para o quarto da mãe, com Jake logo atrás. Nessie e Ness passaram a tarde pintando a unha, arrumando o cabelo enquanto Jake babava nas mulheres da vida dele. Por volta das quatro horas Luly’s ligou pra confirmar que horas sairiam. Ness daria uma carona a Luly’as e Bia e Nanda iriam com seus próprios carros.
         - Ness! – Luly’s falou quando chegou na casa dos Blacks para iriam pra NY. – Estou tão ansiosa.
         - Eu também. – Ness falou cumprimentado a amiga com um beijo jogado no ar, como sempre faziam. Jake colocou todas as malas no porta malas do camaro vermelho da Ness e elas estavam prontas para ir. Antes de sair Ness subiu até seu quarto.
         - Arthur. – Ness sussurrou. – Arthur. – Ness tinha medo de não o ver mais. Tudo que eles viveram parecia conto de fadas. – Estou indo... Você esta ai? – Arthur apareceu, seu semblante alegre e triste ao mesmo tempo. Ness o abraçou com força. – Estou com medo.
         - De que? – Arthur a perguntou beijando a ponta do seu nariz.
         - De nunca mais te ver. Do conto de fadas acabar.
         - Contos de fada? – Arthur perguntou sorrindo e Ness fez uma careta. Arthur a beijou antes que ela respondesse e ela retribuiu. – Eu te amo e nada vai acontecer. – Arthur a assegurou.
         - Eu também te amo.
         Da porta aberta Luly’s olhava pra Ness abraçada ao vento e falando sozinha. Ela pensou em entrar, porem desistiu quanto ouviu Ness dizendo. “Eu também te amo”. Luly’s virou pra sair, mas Arthur levantou seu rosto e olhou pra porta.
         - Sua amiga. – Arthur sussurrou mesmo Luly’s não sendo capaz de o ouvir. Ness pulou virando pra frente e olhando Luly’s assustada.
         - Estamos atrasadas. Se não sairmos agora iremos chegar lá muito tarde. – Luly’s falou se recuperando do susto.
         - Ok. Estou descendo. – Luly’s assentiu e desceu. Ness olhou para Arthur, seu coração disparado. – Oh meu Deus. – Ness sussurrou com a mão no peito.
         - Esta tudo bem? – Arthur perguntou preocupado.
         - Sim tudo ok.

Ness

Arthur me puxou pra um ultimo beijo antes que eu saísse. Nossos lábios se encaixaram e moveram em movimentos uníssonos.
- Ness. – Papai chamou, a viagem era muito longa e como iríamos de carro, tínhamos que sair logo. Desci as escadas, um medo tremendo de olhar para Luly’s e ver algo a mais no seu olhar.
- Pronto vamos. – Falei descendo as escadas. Pulei no pescoço do meu pai e o abracei forte. – Promete que vai me visitar grandão.
- Prometo. – Papai falou mostrando as mãos. Abracei minha mãe também e senti suas lagrimas molharem meu ombro, enquanto as minhas também desciam copiosamente.
- Amo vocês. – Falei saindo e entrando no carro. Luly’s se sentou silenciosamente ao meu lado após se despedir dos meus pais também. Nanda e Bia buzinaram atrás de nós e saímos pra uma nova face em nossas vidas.
Já tínhamos passado do meio da viagem quando Luly’s finalmente falou.
- Ness tem uma coisa que eu preciso falar com você.
- Sim.
- Hoje a tarde, quando eu entrei no seu quarto... – Luly’s me olhou incerta sobre o que dizer. – Você estava... Estava falando sozinha? – Em questão de segundos eu pensei tudo o que estava acontecendo. Luly’s  era minha amiga desde criança e eu confiava nela, mas será se ela entenderia? – Pode confia em mim.
- Eu não estava falando sozinha. – Respirei fundo. – É uma longa historia.
- Nós ainda temos muita estrada pela frente. – Afirmei com a cabeça, e a contei. Falei sobre os sonhos e por ultimo falei sobre Arthur. Eu vi o espanto em seu rosto, porem ela me apoiou em tudo.
- Você o ama? – Luly’as perguntou.
- Sim. – A olhei. – De um jeito que eu nunca imaginei amar alguém. Eu sei que foi de repente, mas parece que eu conheço ele a vida toda, como se tivéssemos nascido pra nos amar. – Luly’s sorriu.
- Ok.
- Ok?
- Yeah. Você esta feliz e isso é o que importa.
- Obrigada.
Ligamos o som e fizemos o resto do percurso sem tocar no assunto. Já eram dez horas da noite quando chegamos no condomínio onde iríamos morar e a reação das meninas foram a mesma que a minha, todas ficaram encantadas.
- Ei segura o elevador. – Pedi enquanto corríamos até ele, um lindo rapaz segurou a porta, ele era alto loiro com os olhos verdes. – Obrigada.
- De nada. São novas aqui? – Afirmamos com a cabeça. – Sejam bem vindas, eu sou o Henrique, mas podem me chamar de Henri.
- Prazer. Bia, Nanda, Luiza e eu sou Wanessa. – Percebi os olhos da Luly’s brilharem e o olhar dele se fixou nos dela. Realmente iríamos começar uma nova vida, e pelo visto o amor estava no ar.

12 comentários:

Eu não acredito que a Ness vai fica no mesmo condominio que o primo dela kkkkk'
Meu deus que ótimo. E esse olhar da Luly's e do Henri heim? kkk'.
estou amanda essa fic e estou vendo que terá muitas emoções daqui pra frente.
Parabéns e esta perfeito.
beijinhos...

ai meu deus!!!!1
só vc mesmo san!!!
ta maravilhoso!!!
amando suas fics como sempre11
bjs!!

vlw meninas
e jess é sobrinho ashaush
sim grandes emoçoes pela frente
bjss e comentem pessoal ^^

ai meu deus!!!!
ta maravilhoso san!!!!!
qero só ver oq vai acontecer!!!!
esperando ansiosamente@@!!
amando suas fics como sempre!!!
bjs!

Que super lindo! *-*
Fofisimo! *-*
Amei! *-*
não sei nem o que disser!*-*

AMEI!!!
ta perfeito
meu vc so ta querendo dechar a gente na curiosidade
mais to amanod a sua fic

Sandry gostei da promoção dos 15 comentários... E aê o que acha de fazer de novo! Hehehehehe...

Amoooooooooooo muito tudo isso!!
Bjks!

hehehe esperta vc em kk
pode deixar que em breve eu faço de novo
quem sabe no proximo cap

bjss e vlw por todos os comentarios

ah eu amei o cap
fiquei triste coma despedida
tadinhos do Jake e da Nessie
ja estão longe dos três filhos e agora vão ficar longe dela também... çç
Sinto cheiro de Inprinting no ar.... oO
e a Nees que acaba de conhecer seu sobrinho e nem imagina
hoho
Aodorei, parabéns Sandry
vooc está cada vez melhor.
Se supera a cada cap
Beeeijos

Nossa quero so ver o que essas garotas
vão aprontar na faculdade rsrs.

oi amore meu primeiro comentario em LIES e estava simplismente perfeito e eu amei que ela conheceu o sobrinha dela mas tenho uma pergunta o Jake e a Nessie sabe q eles vão estudar na mesma escola
beijos amiga amo vc

Ta L-I-N-D-O


continua , continua LALAL

Postar um comentário

Não esqueça de comentar, isso incentiva os escritores e também a mim que tento agradar a vocês.