31 de dez de 2010

Capítulo 16° Sofrimento

Posted by Daniella On 12/31/2010 6 comments

Agradecimentos: Eílen², Andreia², Zê², Aya² e Jess²




New York 20 de julho de 2001, sábado ás 15h07min, casa dos Cullen

Jacob ainda olhava aquela cena tão requisitada entre Edward e Isa que agora se separavam.

-Foi... –Edward começou.

-Mágico. –Isa terminou.

-Interessante. –Edward sorriu e Isa também.

-Agora você sabe como fazer. –Isa falou levantando-se.

-É verdade. –ele levantou-se também. –Obrigado Isa. –ele a abraçou e ela retribuiu o gesto tão singelo entre dois amigos.

O abraço acabou e ambos foram em direção a porta. Jacob entrou em dos quartos que havia no corredor e se escondeu atrás da porta.

Jacob esperou eles passarem e entrarem no quarto para sai. Depois ele saiu de trás da porta e do quarto fechando a porta, ele ficou parado no corredor.

-Não. Eu nunca mais serei traído por nenhuma garota. A partir de hoje eu serei um novo Jacob. –ele limpou suas lágrimas. –Não o que é pisoteado, mas o que ira pisar.

Ele caminhou pelo corredor em passos pesados, a partir daquele momento, o Jacob sempre de bem com a vida e sempre alegre havia se transformado em outra pessoa. Quando homem irá pisar nas pessoas e seu coração vai ser congelado e mantido em um cofre trancado a base de sete chaves, onde nenhuma mulher irá conseguir destrancá-lo e aquecê-lo.

Quarto

Todos estavam brincando com exceção de Jacob.

Isa que estava perto da porta ouviu seus passos pesados do outro lado.

-Galera eu vou ver onde está o Jake e depois eu volto. –Isa disse levantando-se e saindo do quarto.

Isa encontrou Jacob já no topo da escada pronto para descê-las.

-Jake! –Isa o chamou. O coração de Jacob acelerou e todos seus pelos se eriçaram.

Ele se virou lentamente na direção de Isa, essa ultima já corria ao seu encontro.

-O que é? –ele perguntou frio. Isa se assustou da forma em que ele falou, mas depois se recompôs.

-Pra onde você vai? Não vai voltar a brincar com a gente? –Isa perguntou sorridente.

-Não. –ele se voltou para frente e começou a descer as escadas, Isa pegou em seu braço o impedindo. –Me solta. –ele disse olhando em seus olhos castanhos. A Isa sentiu uma corrente elétrica passar por seu corpo. Mas não era a mesma corrente elétrica que ela sentiu ao tocar no Jacob pela primeira vez ou quando ela beijou Edward. Essa era diferente é aqueles tipos de correntes elétricas que você sente quando está com medo ou quando há perigo próximo. Ela o soltou.

-Qual é o problema? –ela pergunta triste. Jacob nunca havia a tratado dessa forma.

Jacob a olhou tão profundamente que parecia enxergar sua alma.

-Não há problema nenhum. É só que eu percebi que pessoas como você não vale à pena guardar como amigos. –ele disse rancoroso, o peito de Isa parecia que estava sendo cortado com um canivete.

-Jake... –ela sussurrou, mas logo foi cortada.

-Para você é Jacob. –depois ele desceu as escadas a deixando paralisada no topo da escada.

Jacob parou no final da escada e a olhou, em seus olhos havia dor, ódio, rancor e tristeza. Ele balançou a cabeça negativamente e voltou a andar em direção a porta. Ele a abriu e depois a fechou.

Os olhos de Isa estavam lacrimejados e seu olhar estava na porta por onde o Jacob passou. A face de Jacob não saia da cabeça de Isa, suas palavras amargas e dolorosas não saiam da cabeça de Isa.

-Isa? –ela olhou em direção no final do corredor e encontrou Carlisle. Isa começou a chorar e Carlisle foi ao seu encontro e se abaixou. –Qual é o problema Isa? –ela o abraçou forte e ele retribuiu o gesto.

-Tio Car, eu quero ir pra casa. –Isa se afastou de Carlisle e olhou em seu rosto que estava confuso. –Por favor. –Isa tentou limpar as lagrimas que insistiam em cair.

-Tudo bem querida, eu só vou pegar as chaves do meu carro. Ta bom? –Isa assentiu.

Carlisle caminhou até seu escritório e pegou as chaves de sua Mercedes reluzente preta. Depois voltou aonde a Isa se encontrava. Essa ultima esticou as mãos em sua direção e Carlisle a pegou no colo. Isa deixou sua cabeça em seu ombro. Eles desceram as escadas e depois foram para a porta, quando Carlisle fechou a porta ele sentiu seu ombro molhado. Isa chorava, ela não sabia o porquê de Jacob ser tão rude com ela e por que dele ter falado aquilo para ela.

Carlisle a colocou no banco de trás e colocou seu sinto, depois foi para o lado do motorista, ele ligou o carro, mas antes que o carro saísse do lugar Isa pode ver Jacob, ele estava atrás de uma arvore... Chorando.



Próximo Capítulo:
-O que houve? –Jenna perguntou limpando uma lágrima que escorria dos olhos de Isa.

-Não quero falar sobre isso. –respondeu apenas.

-Às vezes é bom desabafar. –Jenna colocou a mão em seu queixo a fazendo a olhar.

-Não quero. –ela virou o rosto livrando-se da mão de Jenna e deitou-se novamente abraçando as pernas.

Jenna soltou o ar.

-Tudo bem. Seus pais chegam as 19h00. –avisou levantando-se e saindo do quarto.

Isa voltou seu olhar para a varanda...

-Perdi meu amigo... –ela começou a chorar, chorou tanto que chegava a soluçar. –Para sempre.




Obg pelos comentarios gatinhas do meu ♥
Nós vemos em 2011 \o/









6 comentários:

Capitulo divino =)

Beijos*-*

nossa Dany eu chorei litros
ai amiga por q fazer isso com eles
eles são só crianças
vc ta muito má sabia

mas a historia ta super linda
posta maissssssssss
parabens Danylinda
beijos


Danizita... Esse capítulo me deixou de coração apertado.
Tadinho do Jake, ele sempre se apaixona e sofre, já Isa ficou sem entender a frieza de Jake.

Como disse a Zenilda, são tão crianças e já sofrendo dessa forma.
Você estar ficando muito malvada quando escreve viu (rsrsrsrs).

Beijos querida e um maravilhoso 2011 pra vc nas graças do Papai do Céu.

Nossa foi muito triste esse capitulo,
nem tudo que se vê pode crer.
As vezes vemos algo e interpretamos
de forma errada e as conseguencia disso
é o que deu entre Isa e Jake, mal posso esperar
o proximo capitulos, vc como sempre esta de parabéns.
bjs e feliz 2011

Tadinhos! fiquei com dó Dany! como vc é má! cap mega triste mais eu amei! ;*

Oi Dany sexiê *-*
Bem, aqui estou eu, pq vc parou de postar lá no Nyah, whatever.
Veja bem, como eu disse, meus olhos doem nesse site D:
Bem, eu vou copiar, colar, e ler tudo. Prometo.
OMG, capítulo 16 já?! Vc é rápida menine!
Enfim, é isso. Saudades de vc, cata <3

Postar um comentário

Não esqueça de comentar, isso incentiva os escritores e também a mim que tento agradar a vocês.