27 de jan de 2011

capitulo 30

Posted by sandry costa On 1/27/2011 6 comments


Vampiro

Eu subi na moto e ele fez o mesmo. Liguei o motor e acelerei.A respiração de Seth em minha nuca me fez estremecer, mas tratei de deixar isso de lado e acelerar mais e logo chegamos á casa do Finn.

Pov Nessie

A Ashley e o Seth demoraram á chegar, mas eu percebi que ele tinha um brilho diferente no olhar, mas aquela trsiteza ainda estava lá.
- Demoraram – falei assim que ele chegou até onde eu e Jake estavamos.
- Mas chegamos, não é? – mudou o rumo da conversa
- É – respondi ainda sorindo.
A casa era linda e no quintal uma piscina enorme fez a alegria da galera.
Tinha todo tipo de comida.. e bebidas.
- Vamos dançar? – Jake perguntou e eu assenti.
A música que estava tocando era uma das minhas favoritas e eu deixei ela conduzir meus passos.Me soltei e fui apenas a Renesmee.

- Você é linda. – Jacob sussurou em meu ouvido, fazendo-me arrepiar.Eu me virei enlaçando seu pescoço com meus braços.
- E você é perfeito. – falei aproximando meus lábios dos seus.
- Hum... Suspeita pra falar – ele respondeu sorrindo.
- Ah é.Você também é muito suspeito pra falar. – e dito isso acabei com a incomoda distancia.
Tudo a nossa volta sumiu e eu me entreguei apenas á aquele beijo.Mas infelismente nós precisavamos de ar.
- Quer beber alguma coisa? – ele me perguntou  eu concordei – Eu já volto – e foi buscar algo para bebermos.
- Óh... Ele é tão cavalheiro. – uma voz conhecida soou atrás de mim. Será?
Virei-me e dei de cara com a Thifany.
- Thifany. – falei com desdém
- Renesmee Cullen – ela falou no mesmo tom.- Quanto tempo, não é mesmo?
- Pois é, infelismente foi um tempo tão...curto.
- Digo o mesmo. E então aproveitou bastante do Jake? – a ultima frase me deixou confusa.
- O que?
- Ora, não seja burra. Você realmente pensou que ele seria seu para sempre?Fique sabendo de uma coisa garota: ele VAI ser MEU, ouviu bem?
- Ah é?Quando foi que você sonhou com isso? Pode tentar, mas não vai conseguir tira-lo de mim. E a melhor parte é que eu não vou precisar fazer nada. – respondi. Minha voz carregada de raiva e o olhar dela também.
- Isso é o que nós veremos. Você se acha melhor do que eu é... – ela foi imterrompida
- Ela não se ACHA melhor do que você. Ela definitivamente É MUITO MELHOR do que você, o coisinha sem sal. – Jake aparceu do nada atrás dela.
- Um dia, vocês vão pagar por isso. – ela virou-se e eu juro que pude ver lágrimas nos seus olhos. – Um dia. – falou antes de sair.
- Você está bem? – Jake me perguntou
- Estou, é só que ... – eu o encarei – Jake, ela tava chorando?! – aquilo não foi uma pergunta e sim uma afirmação.
- Nessie não fica pensando nisso. Essa garota é maluca. – ele tentou suavizar as coisas.
- Maluca por que?Por que gosta de você? – eu me surpreendi por falar com ele daquela maneira.
- Nessie, eu... – ele ficou sem palavras.
- Desculpa. Eu fiquei nervosa. – pedi e ele sorriu
- Tudo bem. Vem,vamos dançar.
Nós dançamos muito e depois fomos para a rua, já eram 2h.
Eu senti um cheiro familiar e no meio de todos eu avistei o Cássio, procurei em volta e logo vi a Thay sentada em baixo de uma arvoré, o olhando. Seus olhos estavam lacrimejados.
- Jake, eu já volto. – falei e ele apenas assentiu.
Caminhei até ela e me sentei ao seu lado.
- Oi – falei passando a mão em seu cabelo
- Oi Nessie – ela respondeu triste
- Ah Thay eu não gosto de te ver assim. – falei com a voz embargada e então ela me olhou e começou a chorar.Eu a abraçei e depois a deitei no meu colo e a deixei chorar.Percebi que o Cassio á olhou e por um momento vi tristeza em seu olhar, mas logo ele desviou e foi embora.
A Thay ficou daquele jeito por um bom tempo até que finalmente melhorou.
- Por que o amor dói Nessie? – me perguntou
- Por que ele quer nós ensinar a suportar a dor.Ele é algo forte e ao mesmo tempo fraco. Quer nos ensinar e ao mesmo tempo aprender conosco. O Amor é assim, algo que não podemos tentar entender...Devemos apenas senti-lo. - em nenhum minuto tirei meus olhos de Jake
- Você o ama não é? – Thay me perguntou e eu sorri sem jeito.
- Mais do que minha própia vida
- Ele também te ama. – falou sorrindo fraco – Mas e eu? O Cassio nem sequer sabe que eu existo. – seu sorriso morreu
- Thay não fale assim. Acredite em mim, o amor é brincalhão e prega pesas em nossos corações. Ninguem sabe muita coisa sobre o Cássio,então que tal você dar um tempo á ele e depois começar a agir?Hein? Seja você mesma , acha com o coração e tudo vai dar certo. – falei secando as lágrimas dela.
- Ta bom, eu vou tentar. Você falando faz parecer tão fácil. – nós duas sorrimos
- Vamos, alegria. Isso é uma festa e não um funeral.
- Você ta certa, vamos lá. – então nós voltamos para a festa
- Ei Thay, vamos dançar. – Luan á puxou para a “pista de dança”.
- Ela está bem? –  Suh me perguntou
- Está sim – respondi ainda olhando-a.
- E ai o que estão achando da festa? – Alex perguntou. Ele e Chris pareciam já ter se acertado.
- Muito boa. – respondemos eu e Suh em coro.Então um cheiro forte nos atingiu e vinha da floresta. Vampiro.
- Droga. – Alex falou.
- Vamos. - Kat falou se dirigindo á floresta
O Seth, Scott, Leah, Suh, Ashley, Jake, eu e a Chris contornamos a casa e saímos da vista de todos e entramos na floresta.Então começamos á correr na direção de onde vinha o cheiro e o vampiro pareceu senitr o perigo pois logo começou a correr também, pois seu cheiro começou a ficar levemente mais fraco. Nós pegamos mais velocidade mais ele era incrivelmente rápido.Os lobos estavam um pouco mais á frente.
- Por ali. – Ashley apontou na direção que dá para o mar e todos nós corremos para lá, assim que chegamos no penhasco...
Nada.Á não ser...
- Ele levou alguém. – havia uma mancha de sangue no ponto em que estavamos.
- Ele fugiu pelo mar.E pelo que parece pretende transformar a pessoa que levou.
- Nomâde? – Alex perguntou
- Talvez.Mas tenho minhas dúvidas – Ashley comentou
- É melhor voltarmos para casa. – Scott falou e todos assentimos.
Voltamos para a casa do Finn e peguamos nossos respectivos carros.Antes eu avisei a Thay que já estavamos indo embora e perguntei se ela e Luan queriam carona, mas eles iriam depois.Disseram que davam um jeito.
Só pedi pra que não fossem a pé, eles estranharam mas prometeram que não iriam a pé e nem muito tarde.
Eu queria tanto poder contar á eles que eu estou preucupada pelo simples fato de que tem um vampiro nas redondezas e que isso pode ser perigoso, mas infelisente eu não posso.
Nós chegamos em casa e eu fui direto para o meu quarto.Tomei um banho e logo que deitei na cama, dormi.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6 comentários:

Oi!
Gostei muito do cap, o Jake dando um passa fora na Thifany foi muito engraçado kkkk.
Mais um vampiro na parada, quem será que ele levou, super curiosa...
Beijos

ksaposkaposkaopsk...
eu também achei muito divertido Meny
tadinha dela... depois que escrvi o cap, fiquei até com pena
Pois éh...
vampiro desconhecido, uma vitima.... uhhhh ( mistério)
kkkk
logo logo vocês vão saber quem era o vampiro e a vitima.
Beeeijos

Joy gostei!
estou curiosa para saber o misterio do Saimon!
mais aki eu nao estou conseguindo ver a imagem do capitulo, mais nao so na sua fic como também em a maldiçao da lua! estou triste pois quero ver as imagens e matar minha curiosidade
bjss

nossa quem sera q eles pegaram?
to curiosa sera se foi a thifany?
otimo cap
parabens

bjss

amore .............................................
que a fic é linda e emocionante vc já sabe mais q esse cap estava otimo isso estava beijos

Eu to odiando cada vez mais a Thifany ¬¬
garota sem sal kkk'´
parabéns pelo capítulo, beijos

Postar um comentário

Não esqueça de comentar, isso incentiva os escritores e também a mim que tento agradar a vocês.