21 de jun de 2010

Jodelle Ferland em entrevista aos Fansites

Posted by sandry costa On 6/21/2010 No comments

Jodelle Ferland deu uma entrevista aos fansites americanos e falou bastante sobre seu personagem, Bree Tanner, sobre o novo livro da saga que conta o passado de Bree; fala também alguns detalhes do set e dos demais atores, além de comentar sobre sua carreira em geral.


P:Nós sabemos que você teve a chance de ler a ‘novela’ de Eclipse (a primeira versão de A Segunda Breve Vida de Bree Tanner), mas nós estamos pensando se você também teve oportunidade de sentar com Stephenie Meyer e discutir seu personagem.


Jodelle: Eu li o livro primeiro, que foi ótimo. Eu falei com Stephenie, mas a maioria da conversa foi com David Slade, o diretor.Ele se sentou e falou comigo sobre o personagem e o livro. Então eu conversei mais com David Slade, mas falei com Stephenie Também.

P: Você sabia do livro já há um bom tempo, muito mais tempo que nós. Agora que foi a data de lançamento foi anunciada, você se sente diferente sobre o seu personagem? Mais ansiosa, mais nervosa?

J: Quando eu li o livro pela primeira vez, eu não sabia o que aconteceria com ele e eu acho que nem Stephenie sabia. Então quando eu descobri que seria lançado como um livro próprio, eu fiquei realmente ansiosa. Mesmo eu já sabendo sobre isso, eu estava ansiosa por meu personagem ganhar seu próprio livro! Eu mal posso esperar pelo lançamento.

P:Stephenie Meyer postou uma foto em seu site que mostra você com uma cópia queimada do livro. A similaridade com o destino do seu personagem foi intencional?

J:Oh uau, eu nem havia pensado nisso! O que aconteceu foi que eu li a história e nós deviamos nos livrar dela assim que lêssemos. Obviamente você não pode simplesmente jogar algo assim no lixo, então ficamos pensando como poderiamos dar um fim nele. Rasgar em pedacinhos não funcionaria e nós não tinhamos uma picotadora de papel ou algo assim. Nós tinhamos um balde, e alguns fósforos! Nós acendemos os fósforos no balde e jogamos o livro dentro! Foi bem divertido, na verdade. [Risos] então enviamos uma foto para Stephenie, para provar. Mas é uma boa observação, o ato se relaciona com vampiros queimando.

P:Bree aparece como uma selvagem no livro, porque ela é uma neófita. Como você explorou essa natureza animalesca, selvagem que os neófitos têm?

J: Eu jamais havia interpretado um vampiro, então foi bem diferente para mim. Eu tive que me familiarizar com o modo com que os recém-nascidos se sentem, então me ajudou muito o fato de ter lido o livro antes. Então eu sabia o que estava fazendo, eu não estava inventando tudo do jeito que queria.Eu também li toda a série Twilight, então isso me ajudou com certeza.

P:Alguns dos outros atores sentiram que era surreal serem escalados para os personagens que eles interpretam, mas eles realmente se deram conta disso quando chegaram no set. Qual foi o momento em que caiu a ficha que você estaria interpretando Bree em um filme de Twilight?

J: Eu acho que foi meio que gradual. Quando eu soube inicialmente que tinha sido escolhida para o papel, eu estava muito animada. Eu estava saltitante e não podia acreditar! Sério, naquele dia eu achava que a qualquer momento alguem ia ligar e dizer ‘Desculpe, nos enganamos, você não conseguiu o papel!’ (Risos) Eu estava um tanto preocupada com isso e então todas as coisinhas que aconteceram fizeram com que eu entendesse isso um pouco mais. Como quando fui chamada para fazer o teste de figurino, Eu achei que eles não tinham cometido um engano, e então fui chamada para pegar as lentes de contato e compreendi um pouco mais. Todas as vezes que eu tive que ir e fazer algo para o filme, eu entendi um pouco mais que fazia parte realmente. Então quando finalmente fui para o set, eu estava tipo, “Ok, eu acho que consegui o papel!” [Risos] Eu demoreui um pouco para entender!

P: Eu sei que você tem muita experiência com filmes de horror. Eu estava pensando se isso ajudou de alguma forma em Eclipse, ou essa foi uma experiência totalmente nova?

J: Eu acho que, mesmo que seja o mesmo genero de alguma forma, é realmente diferente. Os vampiros de Twilight não são como qualquer outro tipo de vampiros, então estar em filmes de horror não ajudou muito. Mas acho que foi bom que eu não tenha feito apenas comédias antes! [Risos] Eu tenho feito, na maior parte, filmes de suspense, ou sombrios, de qualquer forma. Então eu acho que ajudou o fato de este ser o tipo de filme que faço normalmente.

P: Já que você era uma fã de Twilight antes de ser escalada como Bree, como foi saber o passado de Bree antes de qualquer pessoa no mundo? Qualquer um de nós poderia matar para ler um livro de Twilight antes de todos!

J:Eu fiquei sabendo que havia conseguido o papel e um tempo depois fiquei sabendo que talvez houvesse um livro sobre Bree. Eu estava bastante animada, mas eu não fazia idéia de que iria lê-lo. Eu não podia acreditar em quanta sorte eu tinha! Eu estava tipo, ‘Eu vou ter uma prévia antes de todo mundo!’ [Risos] Estou tão feliz pelo livro estar sendo lançado, mal posso esperar.

P: Quando você foi escalada, todos imaginavam que você teria um papel bem pequeno. Mas você já devia saber que seria um papel maior, então você relaxava e sorria quando as pessoas diziam que este seria um papel pequeno?

J:Eu não posso dizer muito sobre o filme, mas eu tenho uma cena no livro. Há mais de uma cena no filme, mas eu estou tão ansiosa para que o filme saia e todos possam finalmente vê-lo! Todos pensam que eu tenho uma ou duas falas, mas é algo mais que isso.

P: Você interpreta Bree, que é uma neófita. Você teve que fazer alguma cena perigosa? Tipo, cenas de super-força onde você ergue árvores ou algo assim?

J: Eles se mantiveram bastante fiéis ao livro. No livro eu não faço nenhuma luta. Assim que chegamos à parte da luta, onde eu deveria estar machucando os Cullens, Bree se rende porque ela não quer realmente lutar. Ela é uma pessoa muito boa por dentro, mesmo ela estando do lado dos maus, o lado de Victoria. Eu não luto muito já que me rendo logo.

P: Você esteve em ‘The Messengers’ em 2007 com Kristen Stewart. Eu estava pensando se conhecer alguem no set a deixou um pouco mais confortável do que se não conhecesse ninguém.

J: Sim, foi mais fácil para mim conhecendo ao menos uma pessoa. Eu não conhecia os outros membros do elenco mas eu estou feliz por ter conhecido ao menos Kristen Stewart antes. Isso ajudou, mas todos me fizeram sentir realmente bem vinda. Foi bom conhecer ao menos um membro do elenco.

P:Esta foi a primeira vez em que trabalhou com Cameron Bright, mesmo vocês morando na mesma cidade e se conhecendo antes?

J:Eu mal me lembro mas eu trabalhei com ele uma vez há muito tempo atrás. Eu acho que tinha cinco anos e ele sete. [Risos] Eu o conheço por muito tempo mesmo. Eu mal me lembro de ter trabalhado com ele antes, mas trabalhei.

P: É mais difícil para você criar um personagem original, como alguns dos outros personagens sobrenaturais que você já interpretou, ou é mais difícil interpretar um personagem que é conhecido e tem toda uma expectativa por trás dele?

J: Depende. Em alguns casos é mais fácil e em outros mais difícil. Em alguns programas que fiz foi mais flexível porque não era baseado em nada. Então basicamente você pode fazer o que quiser, você pode experimentar. Então, com Eclipse já estava tudo escrito e já havia uma maneira como ela deveria ser. Sem muito espaço para experimentos. Ao mesmo tempo é mais fácil porque você já tem as orientações de como você deve atuar. Você não precisa inventar muito.

P:Qual foi a parte mais difícil de interpretar Bree?

J:Eu acho que a cena da morte foi bem difícil. Eu sempre achei esse tipo de cenas bem estranhas, sabe, morrer… Não foi extremamente difícil, quero dizer eu tinha os livros. Isso fez tudo ser mais fácil, ler os livros e conhecê-los a fundo. Mas sim, eu diria que a cena da morte foi bem difícil.

P: O que você achou do figurino em Eclipse? Suas lentes? Eu soube de outros atores que elas eram desconfortáveis, como isso funcionou para você?

J: Na verdade eu adorei usar as lentes. Para algumas pessoas, pela forma como seus olhos são, pode ser desconfortável. Mas eu gostei! Ter os olhos vermelhos foi bem legal. Se você viu a prévia de Eclipse, então você sabe meu figurino e você sabe, não é tão legal como o de Victoria, que tem essas roupas meio naturebas, é um figurino bem comum já que ela mantém as mesmas roupas de quando era humana.

P: Você já trabalhou com diversas estrelas em sua carreira, você teve alguma fascinação por algum dos atores que conheceu em Eclipse?

J: Bem – [sons musicais e risos] – Eu tenho esse pequeno coelho empalhado e eu o apertei e ele começou a tocar. Desculpe, vou responder a pergunta agora! [Risos] Sim, eu tive quando os conheci e eu estava um pouco nervosa e tive uma quedinha. Eu estava tipo, uau eu vou conhecer Robert Pattinson e Taylor Lautner. Uma vez que você os conhece, eles são pessoas comuns. Não foi tão ruim depois de um tempo, mas no início eu estava bem fascinada!

P: Você tem experiência em programas de TV e em filmes. Você tem alguma preferência?

J: Não mesmo! Eu acho que, desde que eu esteja atuando, não importa se é para TV ou para uma série ou um curta-metragem. Eu sempre me divirto, não importa o que faça.

Fonte:

0 comentários:

Postar um comentário

Não esqueça de comentar, isso incentiva os escritores e também a mim que tento agradar a vocês.