28 de jan de 2011

capitulo 35

Posted by sandry costa On 1/28/2011 1 comment

Felicidade em meio a tristeza


Deticado para as fans do casal Dr. Delicia e Esme *-*



*P.O.V. Esme*
Era domingo e eu estava trabalhando, ninguém merece isso!
Olhei pra frente e vi Carlisle trabalhando concentrado, como ele consegue?
Tentei, tentei mesmo me concentrar. Mas não dava.
Só faltava a contabilidade da semana e o hospital estava muito monótono. (N/A: Quando ta tudo ruim você reclama, quando ta tudo bem você reclama também. Se decide!)
Terminei rapidamente o que estava fazendo e fui até a sala do Carlisle.
Esme: Acabei. - falei sentando na mesa dele.
Carlisle: Eu também, estava só te esperando. - ele falou encarando minha coxa.
Sentei no colo dele e o beijei. O beijo já começou desesperado e hora nenhuma perdeu a intensidade.
Ele me pegou em seu colo e me colocou deitada no sofá. Fiz bico quando ele se levantou.
Ele fechou a cortina da sala dele. Sim na parede tinha uma cortina, alguns pacientes gostam de privacidade.
Ele voltou apresado ao sofá e começamos a nos beijar de novo.
*P.O.V. Carlisle*
Eu não acreditava que isso estava realmente acontecendo, só podia ser mais um sonho meu.
Esme: Carlisle. - ela gemeu meu nome, quando eu tirei sua blusa.
Como eu a amava.
Carlisle: Esme, eu te amo.
Esme: Eu também. - ela falou passando a mão pelo meu abdômen nu enquanto olhava em meus olhos.
Finalmente eu a tomei totalmente como minha.
(N/A: Não terá Hentai, porque eu não escrevo Hentai, então pra quem gosta use a imaginação do que aconteceu no sofá.)
Esme deu uma risada quando recuperou seu fôlego.
Esme: Eu nunca tinha feito uma coisa assim. Tipo é o sofá do seu consultório.
Carlisle: Como se eu fizesse muitas vezes né? - eu falei revirando os olhos e rindo também.
Ela riu mais ainda.
Eu a olhei sério.
Esme: Tudo bem? O que foi? Você não gostou? - ela falou preocupada.
Carlisle: Eu amei. - eu falei lhe beijando e antes que ela pudesse perguntar mais alguma coisa eu falei - se vista.
Esme: Boa idéia vai que alguém chega.
Carlisle: Eu tranquei a porta então não é por isso. - eu falei me levantando. - É surpresa.
Esme: Mas você vai me contar agora né? Eu fiquei curiosa!
Carlisle: Claro que eu vou te contar agora, só se vista.
Esme: Ehr... Pode me dar o meu sutiã que esta no abajur. - eu estava mais perto dele que estava do lado contrario do sofá no consultório.
Carlisle: Esse foi longe. - eu falei rindo.
Peguei a peça e lhe entreguei.
Esme: Agora me fala a surpresa. - ela falou depois de se vestir.
Carlisle: Sente-se. - eu falei apontando o sofá.
Eu peguei a caixinha de veludo na minha primeira gaveta da escrivaninha.
Esme: Você esta me deixando nervosa!
Eu me ajoelhei na sua frente. E ela arregalou os olhos.
Carlisle: Esme, eu sei que nos conhecemos há pouco tempo, mas eu sinto que você é a mulher pra mim. A mulher que eu esperei muito e finalmente encontrei. Você quer casar comigo?
Esme: SIM! - ela falou pulando em mim.
Beijei-a e coloquei o anel em seu dedo.
Finalmente ela era completamente minha. (N/A: nem um pouco possessivo ele. Rsrs)
*P.O.V. Esme*
Eu não acreditava que finalmente ia me casar! Tinha que contar para as meninas.
Esme: Brigada pela carona Carlisle.
Carlisle: Não foi nada.
Não sabia exatamente quem estava mais feliz entre nós dois.
Beijei-o e entrei em minha casa.
Ouvi alguém batendo numa porta.
Rosalie: Abre essa porra dessa porta Alice! Ou você vai ver essa merda de madeira no chão! - educada ela.
Esme: O que houve? - eu falei subindo.
Bella: Ela terminou com o Jasper.
Esme: Como?
Renesmee: Foi um choque para nós também.
Esme: Mas eles foram os primeiros a namorar. - era mesmo um choque. - Eu vou deixar meu casaco no meu quarto e já volto.
Quando eu cheguei lá, fui a o banheiro e vi que todos os comprimidos para dormir tinham sumido.
Voltei ao quarto da Alice, ela não podia ter pegado, podia?
Esme: Alice! Abre isso! Você pegou os comprimidos?!
Todas me olharam com cara de interrogação.
Ela abriu um pouco a porta.
Alice: Eu peguei sim, mas peguei do quarto da Nessie, vocês acharam o que? Que eu ia tomar todos e me matar? - ela perguntou olhando pra Nessie. - Toma Esme, parabéns pelo noivado. - ela falou olhando meu dedo, me entregou os comprimidos e fechou a porta de novo.
As meninas me parabenizaram, mas eu não prestei atenção.
Alice estava tão fria, igual ao dia em que ela veio para essa casa. Não queria que ela voltasse ao que era.
Eu agradeci as meninas e mandei-as para cama, amanha elas tinham aula, cuja qual eu duvido muito que a Alice vá.
Liguei pra Carlisle assim que cheguei ao quarto.
*P.OV. Carlisle*
Cheguei em casa sorrindo, ela tinha aceito.
Jasper: Me deixem em paz!! - ele gritou.
Meu sorriso se desmanchou quando eu vi a porta do Jasper no chão e os meninos invadindo o quarto dele.
Carlisle: Cadê a privacidade dessa casa?
Jasper: Boa pergunta.
Edward: A melhor pergunta é "porque a Alice saiu daqui chorando?"
Carlisle: Ela saiu?
Emmett: Ela não estava literalmente chorando, mas estava segurando o choro.
Jasper: Já não basta eu tê-la perdido, vocês ainda ficam me torturando assim.
Carlisle: O que houve Jasper, você pode contar para a gente.
Jasper: Ela terminou comigo.
Jacob: Por quê?
Jasper: Porque eu sou um idiota, imbecil e inseguro!
Emmett: Isso a gente já sabe detalhes, por favor, seja específico.
Jasper: Eu falei que não sabia se ela realmente me amava.
Emmett: Você é um tapado mesmo! A menina nunca confiou em ninguém e quando finalmente confia em você, você faz isso? Seu burro!
Edward: Calma Emmett.
Emmett: Vocês sabiam que ela tinha um dossiê de cada uma das meninas quando começou a morar com elas? E só não fez da gente por causa do Jasper.
Carlisle: A Esme tinha me falado que ela estudou em uma escola que ensinava até espionagem. Era um internato em Londres.
Jasper: Era o Instituto Feminino de Londres? (N/A: estou sem criatividade para nomes, sorry)
Carlisle: Esse mesmo!
Jasper: Eu não acredito, por que ela não me contou?
Emmett: É ruim essa escola?
Jasper: É quase tão ruim quando o exercito.
Jacob: Tadinha.
Edward: Acho que foi por isso que ela não contou, não queria que sentissem pena dela.
Jasper começou a chorar.
Carlisle: Jasper calma.
Jasper: Eu sou um monstro!
Jacob: Não é não!
Jasper: O que você sabe? Você beijou outra no aniversario da sua namorada! - ele falou com raiva.
Edward: Jasper...
Jasper: Me deixa em paz sabe-tudo!
Carlisle: Vamos deixá-lo em paz, quando vocês começam a usar os antigos apelidos, não termina bem.
Saímos do quarto e Edward veio até mim.
Edward: Ela aceitou? - ele tinha ido comigo comprar o anel.
Carlisle: Aceitou.
Jacob: Quem aceitou o que?
Carlisle: Esme aceitou casar-se comigo.
Emmett: Eu vou ter uma mamãe?
Carlisle: Por favor, não fale isso no casamento, eu quero que a noiva apareça e não me deixe no altar.
Emmett: Mas Esme é legal, ela nunca faria isso.
Edward: Mas por via das duvidas a gente fala com a Rosalie e ela coloca uma coleira no Emmett no dia.
Emmett: Obrigado por me lembrar Edward, eu tenho que ligar pra Rose, se eu não ligo pelo menos três vezes ao dia ela fica brava. - falou indo em direção ao seu quarto.
Jacob: Acho que ela já colocou a coleira nele.
Carlisle: É melhor vocês irem dormir também.
Eu fui para o meu quarto e o telefone tocou.
Esme: Oi.
Carlisle: Hey meu amor, tudo bem?
Esme: Não. Alice ta mal.
Carlisle: Jasper também.
Esme: Vamos ter que esperar isso passar para nos casarmos.
Carlisle: Não temos pressa, ainda temos que organizar tudo.
Esme: Temos mesmo.
E ficamos conversando até tarde no telefone.

1 comentários:

to feliz pelo ocasal pelo noivado mas tão triste pela alice e o jasper não era pra eles se separaren assim

Postar um comentário

Não esqueça de comentar, isso incentiva os escritores e também a mim que tento agradar a vocês.