3 de fev de 2011

Capítulo 23° Mudança

Posted by Daniella On 2/03/2011 6 comments





New York 06 de setembro de 2001, segunda-feira ás 10h23min, Quarto de Isa

Isa, Christian e Ágata estavam no quarto de Isa conversando sobre a mudança.

-Quando vamos? –Isa perguntou cabisbaixa.

-Amanhã. –respondeu Christian.

-O que?! –Isa o olhou boquiaberta. –O senhor me deu essa noticia ontem e amanhã nós já vamos nos mudar?

-Como dissemos. Só estávamos esperando o momento certo para ti falarmos Isa. –disse Ágata.

-Caramba. Mas vocês deviam ter me contado mais cedo. Como eu vou dizer isso para os meus amigos? –Isa abaixou a cabeça.

-Eu e sua mãe vamos ter que sair. Se quiser ti deixamos na casa dos Cullen. Então você se despende deles. –Christian disse saindo do quarto.

-Vamos. –Ágata deu a mão para Isa que aceitou. E as duas seguiram Christian.

-E a Jenna? –perguntou Isa.

-Jenna mora conosco desde que você nasceu Isa. É claro que ela vai com agente. –disse Christian.

-Ah. –foi só o que ela disse.

New York 06 de setembro de 2001, segunda ás 11h21min, Casa dos Cullen

-Posso almoçar aqui? –Isa perguntou antes de sai do carro.

-Pode. –seus pais disseram juntos. Ela desceu do carro e bateu a porta depois caminhou até a entrada dos Cullen, antes que ela apertasse a campainha ela ouviu o Christian arrancando o carro. Ela soltou o ar e olhou para trás onde o carro estava há pouco tempo.

-Que droga. Eles não podiam fazer isso comigo... É importante para eles essa viagem, mas não é para mim. Eles não entendem isso? –ela viu o carro virando a esquina. –Acho que não. –ela voltou seu olhar para frente e ficou a encarar a campainha, de repente uma lembrança veio em sua mente.

Flash On

-Droga. -ela disse desistindo, sempre quem a ajuda aperta a campainha era seu pai ou Jenna, mas essa tarde Jenna não levou Isa até a porta como de costume.
-Quer ajuda? -uma voz surgiu atrás de Isa. Aquela voz era familiar para Isa, ela se virou e sorriu.
-Oi Jacob. Ah claro. Sabe essa é a desvantagem de ser pequena. -Jacob filho de Billy Black o homem que ficou paraplégico após um acidente de carro infelizmente sua mulher não teve a mesma sorte e morreu na hora, o pobre Jacob ficou desnorteado com a perca da mãe, mas se recuperou de queixo erguido.
-Ah tudo bem. -Jacob riu e depois apertou a campainha.

Flash Off


“O riso dele... Era como música para os meus ouvidos.” Isa pensou com os olhos fechados e com um sorriso bobo nos lábios.

-Oh Isa cai na real! –ela chacoalhou a cabeça. –Aquele imbécil não tem um riso que é musica para meus ouvidos. Claro que não. Aquele animal é um estúpido que só merece seu desprezo. –“Acho que essa mudança vai ter um lado bom, eu vou ficar longe do Black.” – E afinal eu posso apertar a droga dessa campainha sozinha. Afinal eu sou uma Beckham.

-Falando sozinha de novo? –Isa se virou assustada para trás e deu de cara com Carlisle.

Isa riu envergonhada e colocou a mão atrás da cabeça.

-Tio Car. Eu não o havia visto ai.

-Sem problemas. A porta está aberta a propósito. –disse rindo.

-Ah ta. Obrigada. –ela colocou a mão na maçaneta, mas de repente parou.

-Algum problema querida? –Carlisle perguntou atrás dela.

Isa se virou e o olhou, seus olhos cheios de água novamente. Carlisle se abaixou para ficar do mesmo tamanho que ela.

-O que você tem? –ele perguntou assustado.

-Carlisle. –ela sussurrou. E depois pulou para seus braços. Carlisle era como um segundo pai para Isa. Ele quem fez seu parto e desde sempre esteve com Isa. Ela era como uma filha para ele. –Eu... Eu... –ela começou a chorar compulsivamente.

-O que você tem Isa? Está me assustando. –ele a soltou para olhar sua face que já estava rubra.

-Eu... –ela respirou fundo. –Eu vou para São Francisco. Meus pais querem se mudar, mas eu não quero tio Car. Eu não quero ir embora, eu não quero. –seu espanto era obvio.

-VOCÊ O QUE? –gritaram juntos os irmãos Cullen que estava na porta.

Sala

-Então vocês irão se mudar amanhã? –perguntou Carlisle.

-É. –respondeu Isa tristonha.

-Isso não é justo. –disse Edward com raiva.

-Eles não podem fazer isso. Quem é que vai zua o Jacob comigo? –perguntou Emmet indignado.

-Por que você não fica com agente? Papai poderia ti adotar. –disse Alice sorridente.

-Não Alice. Quer dizer, não que eu não queira ficar aqui. É o que eu mais quero, mas eu não suportaria ficar longe dos meus pais. E também o tio Car não pode me adotar. Eu tenho pais. –disse Isa limpando o rosto.

-Isa tem razão Alice. –Carlisle concordou.

-Mas então, nós podemos ti visitar certo? –Alice perguntou.

-Claro Alice. E claro que eu venho visitá-los também. –Isa disse.

-Mas não vai ser a mesma coisa. –disse Edward triste.

-Com certeza não. –Isa concordou.

-Nada de tristeza. Que tal fazermos uma festa de despedida? –Alice perguntou.

-Até que não seria uma má idéia. Podemos convidar os Swan, os Hale e os Bla... –Emmet se interrompeu no meio da frase quando viu a cara da Isa.

-Ok! Então amanhã iremos fazer uma despedida bem bacana pra você Isa. –Alice disse a abraçando.

-Obrigada Alice. –Isa sorriu. “Vou sentir saudades de Nova York, saudade da Central Parker, saudade da minha varanda. Mas vou sentir principalmente saudades de meus amigos. Aqueles com quem eu sempre posso contar.”

6 comentários:

tadinha dela
fiquei com pena deles
O cap tah ótimo
parabéns
Beeijos

Caramba....

Meus olhos encheram d'água.

Eu já sou chorona e ainda mais ler um capitulo assim,
ai me acaba sabe.

Tadinhos deles...

Bjim ♥

Depois que eu falo que você é uma má pessoa você fica brava comigo néh Daniella kkkkkkkkk'
Custava deixar a menina em New York, se já não bastace ela e o Jake agora você vem com essa? Poxa Dany, tadinha dela, eu fiquei com pena.
kkkkkkkk'
A fic está divina, maravilhosa.
Beijos.

Chorei denovo :(
awn, que dumal esses pais '-'
Vou ler o próximo

Que triste, será que ela vai embora de
mal do Jacob. Não Gostei malvada rsrssr.
bjs bjs

nossa a Alice as vezes é totalmente sem noção...rsrsrs
mais amiga a cada cap vc me surpreende esta lindo
beijusss

Postar um comentário

Não esqueça de comentar, isso incentiva os escritores e também a mim que tento agradar a vocês.