3 de fev de 2011

capitulo 42

Posted by sandry costa On 2/03/2011 6 comments


Quase Pegos


       Acordei com o sol frio batendo em meus olhos, uma de minhas bochechas estava muito quente, ela estava encostada no peito de Jacob... Aos poucos fui me lembrando do que aconteceu nesta noite, e não pude evitar um sorriso. Afinal Jake me proporcionou a melhor noite da minha vida. Nós nos amamos não apenas uma vez, e foi maravilhoso todas às vezes.

     Não me mexi muito não queria acordá-lo, ele não sabe como fica lindo dormindo. Olhei seu rosto, ele estava dormindo tão tranquilo, tão sereno, até parecia mais novo. Não estava com aquela cara de sério de alfa que ultimamente eu via em seus olhos. Mesmo assim continuava lindo demais. Jacob Black, meu amor e companheiro, logo nos casaríamos, e eu não vejo a hora de chegar esse dia. Sei que seremos muito felizes, espero que o nosso amor seja tão grande e intenso como é o dos meus pais: Edward e Bella. E claro que seja eterno...

        Não quero nem pensar o que vai acontecer quando o meu pai descobrir. Mas o que eu realmente estou preocupada agora não é meu pai, e sim, Nahuel. Como vou poder explicar aos outros de que Huillen é prisioneira e que Nahuel apenas está tentando salvá-la?

        Eu só queria saber o motivo pelo o qual os Volturis estão fazendo isso? Ou melhor, qual é o real motivo de Aro por traz disto? São tantas perguntas sem respostas que passavam em minha mente, que não tinha reparado que Jacob estava passando os dedos de leve em minhas costas, me deixando toda arrepiada.

 - Bom dia, Pequena. Você está bem?- e sorriu

 - Bom dia lobinho, estou ótima. Agora melhor ainda. – E lhe dei um beijo casto em seus lábios quentes. Ele ficou me olhando um pouco, fazendo carinho em meus cabelos.

- É que eu acordei e você estava toda pensativa, olhando a janela. Em que minha Pequena estava pensando?

- Só na noite perfeita e maravilhosa que eu tive com você.

        Nos beijamos e começamos novamente com as caricias, ambos estávamos ainda sem roupa, apenas enroscados no lençol. O desejo começou a esquentar nossas peles em contato novamente...

- Jake... – eu falei em meio aos beijos

 - Hum... – ele murmurou enquanto parava de me beijar.

 - Jake, acho melhor agente tentar se levantar, tomar um banho e se arrumar... Eu nem sei que horas são... e se meus pais chegarem e nos virem assim.

 - Tudo bem Pequena... Desde que você tome banho comigo – ele falou com um sorriso enorme nos lábios e uma carinha de safado.

-Claro que eu tomo banho com você Sr. Black. É que eu não quero ficar viúva antes de casar, ou você acha que meu pai vai aceitar normalmente. Também acho que você esqueceu que ele lê mentes...

- Não se preocupe com o Ed eu me entendo... Ele vai ter que se acostumar com o genro dele aqui... – e ele gargalhou – Agora vamos tomar um banho bem relaxante, pra gente poder tomar café.

        Jake me pegou no colo e me levou ao banheiro do meu quarto. Foi quase impossível resistir ao Jake todo molhado, sem roupa na minha frente... Eu sei, mas eu ainda não me acostumei com o Deus grego que é meu noivo.
         Ele me virou de costas pra ele, e se encostou a mim, eu senti que ele já estava excitado, seu membro já estava duro, o que só me deixou mais louquinha por ele de novo.

 - Jake, você falou que agente só ia tomar banho. – eu falei meio aos sorrisos.

 - Nó vamos mesmo apenas tomar banho, mas o que eu posso fazer se você me deixa nesse estado.  – rimos os dois.

          Ele passou os braços pela minha cintura, uma de suas mãos estava segurando o sabonete, o qual começou a passar pelo meu corpo, logo ele retirou meus cabelos molhados do meu ombro e começou a me beijar, na nuca... Ombros... Orelha... Se ele estava querendo me deixar excitada, ele conseguiu e me deixou toda molhada de desejo.

- Jake, isso não é justo... Se não vamos fazer mais nada... Porque está me deixando assim... – ele riu e tocou minha intimidade – Jake... – falei num gemido.

- Só estamos aproveitando o momento Nessie...
     Não tinha como não ficar satisfeita com um noivo desses, ele é simplesmente perfeito. Jacob não parou de me tocar, e não demorou muito, senti aquele tremor novamente e eu gozei. Eu virei de frente pra ele.

- Jake isso não é justo.

- A única coisa que me importa é te dar prazer Reneesme e te ver bem. Te deixar feliz, saber que eu te deixo assim... Que você fica excitada pra mim, é o que eu mais desejo no mundo. Que você esteja feliz comigo – agora eu fiquei com a cara mais besta do mundo. Não consegui responder, apenas o beijei.

 - Jake... – ele me olhou e entendeu o que eu estava tentando falar.

- Não se preocupe teremos todo o tempo do mundo pra você me retribuir esse prazer, apesar de que você já me dá o prazer, só de olhar pra mim... – e continuamos nos beijando. Demoramos mais um pouco no banheiro com nossas caricias intermináveis e fomos nos trocar.

            Ainda não sabia que horas eram, e eu tinha de arrumar o meu quarto, antes que meus pais chegassem, eles iriam chegar de tarde. Ainda tenho de trocar a roupa de cama e colocar pra lavar a roupa suja (porque eu sangrei), ai se meu pai pega. Do jeito que meu pai é “antigo”... Edward Cullen... Um vampiro que se apaixonou por uma humana... Isabella Swan... Que se casaram e me tiveram, mas que causou a “morte” da minha mãe. Eu sou tão orgulhosa pelo amor deles, eu amo tanto eles, em pensar que meu pai não me queria, mas foi pelo amor da minha mãe que eu estou aqui... Mas eu não tenho ressentimentos de meu pai, ele é o melhor pai do mundo, sem contar que é lindo, tirando a parte que ele não aceita que se tenha relações sexuais antes do casamento. Estou perdida quando ele descobrir... Apenas sorri.

- Nessie, vou fazer o café, o que você quer comer?

- Jake, eu quero comer morangos e se você fizesse aqueles ovos mexidos que só você sabe fazer...

 -Tudo bem, mas com uma condição? – ele me olhou com um sorriso um pouco sério e fez um gesto para que eu olhasse os meus olhos no espelho. É meus olhos já estavam pretos. Eu estava mesmo precisando caçar. Eu não sei como não mordi Jake esta noite. Meus olhos são chocolates, da mesma cor que eram os olhos da mamãe, quando ela era humana, mas quando estou com sede eles mudam do chocolate para o preto.

 - Que condição Jake? – eu falei já me virando pra ele.

- Você vai caçar comigo hoje – ele não perguntou, ele afirmou.

-Está certo, iremos caçar juntos hoje, sem falta. Mas eu quero meus ovos mexidos.

          Jake foi para a cozinha e eu arrumei o meu quarto na maior velocidade que podia, não queria passar nenhum segundo a mais longe de Jake. Chegando quase na porta da cozinha com a roupa de cama suja de sangue em minhas mãos, meus pais abrem a porta da sala:

 - Oi filha, chegamos – minha mãe veio me abraçar e ficou me encarando porque eu fiquei tão petrificada de desesperada... Eu apenas a olhei de volta... Ela sorriu e me cobriu com seu escudo do meu pai. E fez como se nada tivesse acontecido. – Desculpa agente ter te deixado sozinha aqui em casa filha, mas acho que Jake cuidou de você direitinho...

 - Está tudo bem mãe – eu falei, mas minha voz não enganou o meu desespero.

       Meu pai ficou nos olhando, nos duas. E depois olhou a roupa de cama suja de sangue em minhas mãos. Quando o olhei já estava do meu lado.

- Reneesme onde você se machucou e como isso aconteceu?

           Jacob apareceu apavorado na sala, olhando pra mim. Mas quando me olhou ele percebeu o que estava acontecendo. Jake ficou aliviado por um lado, por eu não ter me machucado... Mas pelo outro... Meu pai com certeza vai descobrir. Antes que meu pai pudesse falar mais alguma coisa, Jake tentou mentir.

- Calma Edward... é que eu levei um com copo com agua pra Nessie, mas ela estava tão nervosa que quebrou o copo nas mãos e... – ele agora estava bem serio – foi por causa da visão que ela teve com o Nahuel.

       Mamãe ainda estava nos bloqueando. Mas meu pai não acreditou. Ele voou no pescoço de Jake, o prensando na parede.

-Porque será que eu não credito totalmente nesta história, seu cachorro fedorento...

- Para com isso pai. – eu já estava agarrada no braço do meu pai, pra ele largar Jake.

-E por que será que Isabella esta bloqueando vocês dois. Vocês estão querendo me esconder algo? – quando meu pai chama minha mãe de Isabella, é porque a coisa está muito, mas muito complicado...


Fanfic escrita por Marina

6 comentários:

rsrsrs Esta perfeito quero só ver como eles
vao se sair dessa kkkkkk.
bjs

Ed é muito engraçado, vai dizer que quando Bella era humana se ele não tivesse medo de dormir com ela, ele não teria feito o mesmo, santo Ed, eles so se amaram e nada mais eu sei que ele vai relevar tudo isso .

Simplesmente maravilhoso este cap. Mas como vc para no melhor da briga. Estou super curiosa pra saber de todos os detalhes. Como é que eles vão se safar dessa... rsrsrsr
Beijos

Oi Marina ficou lindo o capitulo!!! so não concordo com a atitude de Edward acho que ele não reagiria assim!!! bjs Ráskia

aii sai dessa Jake kkkkkkkkkkkkkkk
isso q da mexer com a filhinha dos outros
ainda esse outro sendo um vampiro leitor de mentes kkkkkkkk
otimo cap
parabens

aiim me deus!!!!
qero só ver oq vai acontecer!!
meu deus!
amando a fic
!!!!

Postar um comentário

Não esqueça de comentar, isso incentiva os escritores e também a mim que tento agradar a vocês.