21 de jun de 2010

Cápitulo 56° Surpresa

Posted by Daniella On 6/21/2010 5 comments

Quando olhei para o esquilo ele ainda me fitava com aqueles olhos grandes cor de chocolate e assustados. Olhei para o Jasper e ele sorria para mim.
-Uhu! Eu conseguir. Jasper você viu? –eu disse me levantando e o puxando do chão.
-È eu vi! Parabéns Nick. –eu o abracei pela cintura. Olhei para o chão e vi o pequeno animalzinho fugindo assustado.
-Obrigada Jasper. Você é demais! Eu te amo. –disse me afastando dele e rindo. Ele começou a rir também.
-Ta me traindo Jasper? –olhamos para trás e os outros estavam ali nós olhando. Jasper se afastou de mim e se aproximou da Alice.
-Claro que não meu amor. –disse Jasper abraçando a Alice por trás.
-O que vocês estavam comemorando? –perguntou a Nessie.
-Eu... –quando eu ia dizer o Edward me interrompeu.
-A Nick conseguiu controlar seu dom. - disse Edward.
-Poxa vida de tantos dons que você poderia ter Edward você tinha que saber logo ler mentes? –todos começaram a rir.
-Parabéns Nick! –disse o Seth se aproximando de mim. Eu dei um pulo em cima dele e ele me segurou, ele me rodopio e me colocou no chão.
-Obrigada. –eu me curvei diante do Seth, como o Benjamin se curvou para mim quando ele estava me ensinando a dominar os elementos. Eu me levantei e o Benjamin sorriu para mim. Depois que todos me elogiaram eu fui treinar com o Benjamin e depois fui tocar piano com o Edward e por último fui assisti ao um jogo de futebol americano com o Emmet. Passei a tarde toda com a minha família. Mas ainda faltava uma coisa.
-Seth? –chamei o Seth que estava com a cabeça apoiada no meu colo e assistindo ao jogo.
-Sim? –ele perguntou olhando para mim.
-Qual é a minha surpresa? –ele se levantou do meu colo com um sorriso gigantesco.
-Pensei que você não fosse se lembrar. –ele pegou minha mão –por segurança eu ainda uso luva, pois o Jasper falou que eu ainda estou aprendendo a controlar meu dom, eu sem querer posso tocar em alguém e fazer com ela desmaie e faça com que eu absorve seu dom e lembranças –e subiu a escada correndo comigo. Ele me deixou na porta do meu quarto.
-Eu vou ti levar em um lugar muito divertido, então se arruma. Vou ti esperar lá em baixo. –depois ele desceu as escadas correndo. Eu não entendi nada, mas fiz o que ele pediu. Banhei e vesti uma roupa e deixei meu cabelo solto. Quando olhei no relógio era 20h00min onde o Seth quer me levar uma hora dessas? Desci as escadas e ele tinha mudado de roupa. Ele estava lindo.


Essa é a roupa que eles estão vestindo, mas a Nick esta com luva



-Você está linda. –ele disse me oferecendo a mão. Eu a aceitei e ele me levou até a porta.
-Obrigada. Você também está lindo. –eu disse sorrindo.
-Obrigado. –ele abriu a porta.
-Divirtam-se! –disse Esme na porta da cozinha.
-Obrigado. –dissemos. Saímos da casa e na entrada estava um volvo.
-Você já dirige? –perguntei enquanto ele abria a porta do carona para mim.
-Claro. Só o carro que não é meu, o meu está na minha casa. –eu assenti, ele fechou a porta e deu à volta no carro, eu coloquei o cinto e ele fez o mesmo.
-Aonde você vai me levar? –ele ligou o carro e começamos a andar pela rua deserta.
-Se eu falar não será mais surpresa. –ele disse com um sorriso maroto. –Mas devo dizer que é um lugar divertido e que você vai amar. –ele disse aumentando o sorriso.
-Você está me deixando muito curiosa.
-Então vamos mudar de assunto, por que se não você vai acabar fazendo com que eu fale. –ele ligou o rádio. –E você está feliz?
-Muito, nossa é tão bom eu poder tocar nas pessoas de novo. Apesar de o Jasper ter falado que é melhor eu usar a luva por precaução. –disse olhando para minhas mãos.
-Mas é assim que começa, você vai ver depois de muito treinamento você já nem vai mais precisar usar luva.
-Eu espero. –coloquei minha mão em cima da dele que estava na macha do carro. Ele virou a mão fazendo com que nossos dedos se estrelassasem. Ficamos ouvindo música até chegarmos perto da cidade, depois o Seth desligou o som e o carro.
-Aqui? –eu perguntei. Não tinha nada ali. Ele saiu do carro e depois abriu a porta para mim.
-Não, ainda não é aqui. Mas a partir daqui vamos seguir a pé. –eu assenti e fomos andando pela cidade não muito cheia que era Forks.
-Esperai. –disse o Seth puxando meu braço fazendo com que eu parasse de caminhar.
-O que? –ele andou até atrás de mim e vendou meus olhos tampando a minha visão. –O que você está fazendo Seth?
-È surpresa. Agora caminha. –eu comecei a caminhar sem enxergar nada por algum tempo, depois nós viramos em alguma rua. Ele retirou a venda de meus olhos. –Pode abrir agora. –eu abri e tive uma surpresa mesmo. O lugar era todo iluminado, com varias pessoas, algumas gritando outras rindo, barracas de lanches e o principal o essencial brinquedos.
-Um parque de diversão?
-Eu disse que era divertido. –Seth disse pegando a minha mão. –Vamos vem. –começamos a caminhar pelo parque.
-Quando foi que Forks fez sua população crescer? –disse em tom de brincadeira. O Seth riu e apontou para uma placa e nela estava escrito Seattle.
-A população de Forks nunca mais vai crescer. – o Seth disse ainda rindo.
-Não tinha percebido que agente tinha saído de Forks. –disse enquanto ele me puxava para irmos para um dos carrinhos de bate-bate.
-Eu vou nesse e você vai naquele. –o Seth disse apontando para os carrinhos. Eu assenti e entrei em um carrinho vermelho. O condutor ligou os carrinhos e ficávamos batendo um no outro, não parecia que havia mais carrinhos ali apenas eu e o Seth. Meu melhor amigo.
Depois do carrinho do bate-bate fomos para o trem fantasma, montanha russa, tapete voador, barca, martelo, surf e entre outros, jogamos vários jogos.
-Pega esse é para a garota mais linda desse parque. –o Seth me entregou um urso branco que segurava um coração vermelho escrito “Com carinho”.
-Obrigado lobinho. Sabe eles poderiam dar como prendas lobos de pelúcia. Eu escolheria um cor de areia.
-Essa é uma boa idéia. –o Seth sorriu. –Quer um algodão doce?
-Claro. –o Seth me entregou um algodão doce rosa gigantesco.
-Falta nós irmos a um brinquedo. –ele comentou. Eu olhei para ele e ele olhou para mim.
-Roda gigante! –dissemos ao mesmo tempo, começamos a rir e ele me puxou para irmos para a roda gigante. Entramos e o brinquedo começou a rodar, quando o brinquedo chegou lá em cima eu fiquei encantada, a cidade estava toda iluminada e tinha muitos prédios e sem falar na lua cheia maravilhosa que estava.
-Lindo. –eu disse.
-Também acho. –ele passou um braço pelo meu ombro e eu encostei meu rosto no ombro dele.
-Obrigada Seth, obrigada por tudo, por te me salvado, por me fazer me sentir criança de novo por fazer eu me sentir mais feliz por hoje por todos os dias que passamos juntos. Obrigada. –eram tantas coisas que eu tinha para agradecer ao Seth.
-Não precisa agradecer Nick. Só por eu saber que você está feliz, isso já me recompensa. –ele disse. Eu sorri, ele era tão, tão, não tenho palavras para descrevê-lo.
-Quero experimentar uma coisa. –eu disse levantando minha cabeça de seu ombro e retirando a luva. Concentrei-me e comecei a passar a mão lentamente e com cuidado pelo rosto do Seth, começando pela bochecha depois passando para o nariz a testa as pálpebras e por último seus lábios.

Obg pelo carinho! Vcs são as melhores leitoras que um autora pode ter^^
Bjsculos^^

5 comentários:

AII QUE LINDOOOO
NÃO ACREDITO QUE TO SENDO A 1 A COMENTAR!!
DANY ESSE EPISODIO TA MUITO PERFEITO!! Parabens!!
Não vejo a hora de ler os próximos!!
Acho que a Nick vai beijar ele.. *-*
Bjuss

Irielen

Dany agora vc se superou de vez eu nao tenho nem palavras pra decrever o q to sentindo to simplismente perplexa amei tudo principalmente a diverssao no park e o carinho q ela fez nele ...:I ate eu me emocionei com o afago q ela fez :N parabens querida vc e a maior

ela vai bjar ele.
estou adorando.
vai ter hoje!!

Dany os dois são lindos eu ate achei q ela fosse beijar ele, acho q to querendo demais kkkkk
espero q seja logo.
:n :q

Postar um comentário

Não esqueça de comentar, isso incentiva os escritores e também a mim que tento agradar a vocês.