7 de fev de 2011

Capitulo 17

Posted by sandry costa On 2/07/2011 2 comments





Ponto de Vista de Jacob

Olhei para o rosto dormido de Renesmee enquanto Carlisle trabalhava nela. Ela parecia pacífica enquanto dormia, e eu queria tanto saber sobre o que ela estava sonhando.

“Você.” Edward disse suavemente atrás de mim. Ele tocou meu ombro e se inclinou ao meu redor para pegar a mão de Renesmee na dele. “Ela está sonhando sobre você segurando o bebê. A mente dela fica mudando entre menino e menina.”

“Como –“ Eu parei, engasgando em minhas próprias lágrimas. “Como você pode ler os pensamentos dela? Ela não os está colocando em sua cabeça.”

Edward deu de ombros. “Ela está bem dopada no momento. Essa pode ser a razão.” Ele beijou a testa dela e foi ajudar Bella e Carlisle.

Eu recusei a olhar para qualquer outro lugar além do rosto de Renesmee. Se eu olhasse, visões de seu violento nascimento encheriam minha cabeça no momento que eu visse a menor quantidade de sangue. Isso não era como o nascimento dela, isso estava controlado.

“Jake, você está bem?” Bella pegou minha mão e a colocou seu outro braço ao redor de minha cintura, me abraçando fortemente.

Eu assenti, não confiando em minha voz.

“Você está preparado?” Ela apontou na direção do estômago de Renesmee, e eu olhei lentamente na direção da bagunça sangrenta.

Balancei minha cabeça.

Bella riu levemente e me guiou descendo o corpo de Renesmee. As sombrancelhas de Edward estavam juntas em uma linha séria enquanto ele se concentrava fazendo o parto do bebê.

“Coloque suas mãos embaixo das de Edward.” Bella demandou. Sua voz estava baixa e calmante. Eu sabia que ela estaria chorando também, se pudesse.

De repente eu não sabia como mover meus braços. Eu não podia sentí-los.

Ela se inclinou para frente e guiou minhas mãos para onde ela queria que elas fossem. Algo suave e quente de repente estava dentro delas. Pisquei para afastar as lágrimas, olhando para meu… meu filho. Por um momento, ambas as mãos de Bella e Edward estavam lá segurando ele comigo, mas depois era apenas eu. Eu trouxe o bebê chorando para meu peito, ignorando o sangue que Bella estava limpando dele com uma toalha.

“Parabéns, papai.” Ela sorriu para mim.

“Para você também, vovó.” Eu ri enquanto balançava meu filho em meus braços.

Bella estremeceu, balançando sua cabeça.

“Vá para a sala. Carlisle está preparado para fazer as medições. Tome seu tempo, e parabéns.” Edward sorriu e assentiu para mim. Ele rapidamente se virou para terminar de dar os pontos em Renesmee.

Balancei minha cabeça e deu um passo na direção de Renesmee. O bebê em meus braços agora dormia.

As mãos de Bella pegaram meus braços por trás de mim. “Ela ficará perfeitamente bem Jacob. Ela ficará dormindo por mais um tempinho. Não sairei do lado dela. Vá limpar seu filho. Nós não acordaremos ela até que você esteja de volta com ele aqui. Sabemos a vontade dela.”

Assenti e levei meu filho para Carlisle. Sem realmente querer eu o entreguei para ele e observei enquanto sua pele cor de creme aparecia enquanto o sangue era limpado dele. Seu cabelo negro refletia luzes vermelhas quando a luz tocava nele. Seus grandes olhos escuros buscavam acima dele curiosamente. Sorri enquanto suas mãos balançavam no ar acima dele, buscando por algo para segurar. Ele era menor que Renesmee quando ela nasceu, mas era maior que um recém-nascido normal. Eu não podia evitar de perceber o quanto ele se parecia comigo. Por mais que eu tivesse esperado que ele se parecesse mais com Renesmee, ela era perfeito do jeito que era.

“Aqui está.” Carlile sorriu e fez um gesto em direção ao bebê. “Leve ele para a mãe.”

Eu o peguei e o aconcheguei contra meu peito, ele fechou seus olhos novamente. Sua temperatureaparecia normal para um humano. Não estava quente ou fria. Estava perfeita. Mas ele também parecia mais avançado do que um recém-nascido normal.

“Ela está pronta.” Edward se afastou dela, andando para envolver seus braços ao redor de Bella, puxando ela para os fundos.

Fiquei sobre Renesmee, ninando o bebê em um braço, e estendendo o outro para alcançar Renesmee.

“Acorde, querida. Conheça nosso filho.”

Renesmee gemeu, e sua cabeça balançou de um lado para outro enquanto ela lutava para acordar a si mesma.

“Abra seus olhos e veja quão lindo ele é.”

“Ele?” Ela murmurou, tentando forçar seus olhos a se abrirem.

“Sim,” eu sibilei meio a lágrimas. Busquei seus braços e os envolvi ao redor de seu bebê nu. Seus braços se apertaram ao redor dos meus, e ela abriu seus olhos lentamente.

“Oh!” Ela arfou, lágrimas imediatamente derramando de seus olhos. “Oh, Jacob! Ele é totalmente você! Ele é perfeito!” Ela murmurou entre soluços.

“Sim, ele é.” Fui para trás, observando a mulher que eu amava mais do que qualquer um poderia saber, segurando nosso filho em seus braços. A visãodela como uma mãe a fez ainda mais perfeita do que ela era antes. Como se ela já não completasse minha vida, ela nos deu um presente que para sempre iríamos compartilhar. Um filho, nos unindo por toda a eternidade.

Meus olhos voaram para olhar Bella, envolvida apertada nos braços de Edward. Eu sorri e acenei para ela. Eu nunca realmente entendi o desejo dela por Renesmee quando ela estava grávida, mas enquanto eu olhava para meu próprio bebê, eu o entendi completamente.

“Um nome!” Renesmee arfou. “Jake, e o nome?”

“Nathaniel.” Eu suspirei.

Renesmee levantou suas sombrancelhas enquanto olhava para mim. “Você pensou sobre isso.”

Assenti. “Pensei. Nathaniel significa presente de Deus, e sendo que você também foi um presente, isso serve para ele também.”

“Eu gosto. Nathaniel Black.” Ela disse o nome dele com devoção. Eu gostava vê-lo saindo de seus lábios.

“Não é isso.” Sorri, olhando para Edward. Sua cabeça se virou rapidamente para a minha, e ele sorriu.

“Obrigado, Jacob.”

“O que foi?” Renesmee e Bella perguntaram ao mesmo tempo.

“Ele vem de muitas diferentes… espécies.” Eu ri, não sabendo mais o que dizer. “Ele é parte eu, Black, mas também parte Cullen.” Abaixei-me para beijar Renesmee e piscar para Bella. “Mas já que Renesmee tem nome de ambos seus pais nela, com Esme, Renee, Charlie, Carlisle, pensei que seria justo trazer a família humana de Edward também. Então Renesmee, você gostaria de…” Respirei profundamente, observando as expressões de olhos arregalados de Bella e Renesmee, e o orgulho no rosto de Edward. “Nathaniel Masen Black.”

“Oh!” Foi a vez de Bella de soluçar. Ela se virou e jogou seus braços ao redor do pescoço de Edward, e o beijou.

“Acho que ela gosta.” Renesmee riu.

“E você?”

Ela balançou sua cabeça. “Não gosto, eu absolutamente amo, Jacob.”

Inclinei-me sobre ela e passei um dedo através da testa de Nathaniel. “Você gosta, rapazinho?”

Ele piscou seus olhos e sorriu para mim.

“Ao menos ele não tem dentes.” Renesmee riu, colocando seu dedo na boca dele. Ele imediatamente a fechou e sugou o dedo dela.

O coral de risos atrás de mim nos deixou saber que o resto da família estava aqui para ver Nathaniel.


Autora Izzy



Traduzido pelo Foforks

2 comentários:

Esta otimo que lindo o capitulo estou amando
mas estou curiosa pra saber do Derik o caça vampiros.
Que fim deu.

Nossa pq estao demorando tanto, eu amo esse fic
o sigo desde o primeiro.
Por favor nos de noticias, bjs

Postar um comentário

Não esqueça de comentar, isso incentiva os escritores e também a mim que tento agradar a vocês.