7 de fev de 2011

Capitulo 35

Posted by sandry costa On 2/07/2011 3 comments


Eu,Lee,Chris e Suh fomos com a Kat até o seu quarto.Ela entrou no closet e voltou logo e seguida com alguns biquinis em mãos.
- Deve ter o manequim de todas vocês.Eu sempre tenho alguns, pra ocasiões como essa.
Nós escolhemos os que mais nos agradavam e descemos para a piscina.Assim que nos viram:Alex,Jake e Scott ficaram paralisados.Sua respirações ficaram mais rápidas e pude ver a Ashley fechar a cara e por falar em Ash, eu não sei por que ela não quis entrar na piscina conosco.
Caminhamos até a piscina e entramos.
- Vocês vão ficar ai parados com cara de bobos ou vão entrar? –a Kat perguntou para os três.
Eles se olharam e ai meu Deus....
Eles correram em direção a piscina e se jogaram, voou água pra todo lado.
- Crianças – a Kat falou e no fim acabamos todos nós rindo.
- Você está linda, sabia? – Jake sussurrou em meu ouvido e logo em seguida enlaçou minha cintura e me deu um beijo, eu ouvi um rosnado e não precisei olhar pra saber de onde vinha e de quem era.
Todo mundo estava se divertindo.Alex e Chris mais do que os outros, pois acho que nem viram o que acontecia á sua volta, prque estavam tão envolvidos no beijo, assim como Lee e Scott.
Percebi que a Ashley entrou na casa e pouco tempo depois Seth também. Invonlutariamente um sorrisso nasceu em meu rosto.

Pov Seth

Quando eu  a vi entrar dentro de casa, esperei uns minutos e depois fui .
O seu aroma estava por todos os lugares da casa, mas segui o rastro mais forte e a encontrei.Ela estava na varanda de seu quarto e eu parado na porta, eu sei que ela sentiu que eu estava ali embora não houvesse dito nada.Caminhei lentamente até para ao seu lado.Nós ficamos no mais absoluto silêncio.Palavras não eram nescessarias agora.
De repente ela virou-se de costa e saiu, mas antes eu segurei em seu braço.
- Por favor... Fique. – pedi, minha voz em tom de súplica.
- Pra que Seth?Hein?Pra que? Pra você sofrer mais ainda?
- A sua presença não me faz sofrer.Você não me faz sofrer. – respondi
- Mas o meu desprezo sim. – aquelas palavras machucaram mais que qualquer silencio ou ferimento.
- Por favor...
- Não Seth. Não dá. Me desculpe.... – ela fez uma pausa, então olhando em meus olhos ela disse. – Eu não ti amo, nunca amei e não quero amar. Será que você não entende?Por favor Seth.Isso vai ser pior pra nós dois, nós só vamos nos machucar.Eu sinto muito mas não posso ser pra você mais do que uma amiga, e sei que isso não vai ser o suficiente. – então ela virou as costas e saiu.
Meu coração partiu-se em pedaços tão pequenos quanto as gotas de água do mar.Sai da casa e deixei o fogo me conssumir, corri pela florestas sem ligar para os outros me chamando.Logo senti Jacob se juntar á mim e os lobos de La Push.
Ei Seth cara...” – a frase de Embry morreu quando viu o meu estado
“ Seth espera.”  - Jake tentou argumentar
“Me deixem em paz.” – falei irritado
“ Só não se afaste daqui Seth. Por favor” -  Jake pediu e isso eu não poderia negar á ele“Obrigada”. – então nenhum deles me encomodou novamente,
Eu corri sem rumo, embora não tenha me afastado muito. Achei um penhasco e me sentei ali, já na forma humana.Eu deixei que as lágrimas caissem por meu rosto e nesse momento nada mais importava.

Pov Ashley.

Eu não podia deixar isso ir mais longe.Tudo o que eu disse para o Seth...Mentiras.
Eu o amo.Mas não posso e não quero ama-lo. As unicas pessoas á quem devo meu amor são meus irmãos e aos poucos eu sei que vou perde-los.Mas não quero ter que suportar a dor de perder outro amot.
Seth se transformou e correu para a floresta.Logo em seguida Jake também foi.Os outros despediram-se e foram embora.
Eu agradeci por meus irmãos não virem me perguntar o que aconteceu e por não trem deixado que a Nessie e a Lee o fizessem embora as duas estivessem terrivelmente bravas., comigo.
A noite já estava caindo e o por do sol era lindo, mas eu não conseguia ver beleza em nada, hoje.
Peguei meu violão e subi até o telhado da nossa casa.
E toquei...


                      http://www.kboing.com.br/taylor-swift/1-1059310/



I'm so glad you made time to see me
How's life? Tell me, how's your family?
I haven't seen them in a while
You've been good; busier than ever
We small talk, work in the weather
Your guard is up and I know why
Cause the last time you saw me
Still burns in the back of your mind
You gave me roses and I left them there to die

So this is me swallowing my pride,
Standing in front of you saying
I'm sorry for that night
And I go back to December all the time,
It turns out freedom ain't nothing but missin' you
Wishing that I realized what I had when you were mine
And I go back to December, turn around
And make it all right
I go back to December all the time

These days I haven't been sleepin',
Stayin' up playing back myself leavin',
When your birthday passed
And I didn't call, then I think about summer,
All the beautiful times,
I watched you laughin' from the passenger side
And realized I loved you in the fall
And then the cold came,
With the dark days when the fear crept into my mind
You gave me all your love
And all I gave you was goodbye

So this is me swallowing my pride,
Standing in front of you saying
I'm sorry for that night
And I go back to December all the time,
It turns out freedom ain't nothing but missin' you
Wishing that I realized what I had when you were mine
And I go back to December, turn around
And change my own mind
I go back to December all the time

I miss your tan skin, your sweet smile,
So good to me, so right
And how you held me in your arms
That September night;
The first time you ever saw me cry
Maybe this is wishful thinking
Probably mindless dreaming
If we loved again, I swear I'd love you right
I'd go back in time and change it but I can't
So if the chain is on your door I understand

But this is me swallowing my pride,
Standing in front of you saying
I'm sorry for that night
And I go back to December,
It turns out freedom ain't nothing but missin' you
Wishing that I realized what I had when you were mine
I go back to December, turn around
And make it all right
I go back to December, turn around
And change my own mind
I go back to December all the time

All the time
------------------------------------------------------------------

Estou feliz por você ter arrumado tempo para me ver
Como vai a vida? Me diga, como vai a sua família?
Faz tempo que não os vejo
Você está bem, mais ocupado do que nunca
Nós jogamos conversa fora, trabalhamos do lado de fora
Você está na defensiva, e eu sei por quê
Pois da última vez que você me viu
Ainda traz uma lembrança que te incomoda
Você me deu rosas e eu as deixei lá, morrendo

Então aqui estou eu engolindo o meu orgulho
Parada na sua frente dizendo
Que sinto muito por aquela noite
E eu volto a dezembro o tempo todo
Acontece que a liberdade não é nada além de saudades suas
Eu queria ter percebido o que eu tinha quando você era meu
E eu volto a dezembro, dou meia volta
E deixo tudo bem
Eu volto a dezembro o tempo todo

Eu não tenho dormido bem esses dias
Fico acordada lembrando de como eu fui embora
Quando o seu aniversário chegou
E eu não te liguei, eu pensei no verão
E todas as lindas vezes
Que eu vi você rindo do lado do passageiro
E eu percebi que eu te amava no outono
E então veio o frio
Com os dias escuros quando o medo invadiu a minha mente
Você me deu todo o seu amor
E tudo que eu te dei foi um adeus

Então aqui estou eu engolindo o meu orgulho
Parada na sua frente dizendo
Que sinto muito por aquela noite
E eu volto a dezembro o tempo todo
Acontece que a liberdade não é nada além de saudades suas
Eu queria ter percebido o que eu tinha quando você era meu
E eu volto a dezembro, dou meia volta
E mudo de opinião
Eu volto a dezembro o tempo todo

Eu sinto falta da sua pele bronzeada, do seu doce sorriso
Tão bom para mim, tão certo
E como você me segurou em seus braços
Naquela noite de setembro
A primeira vez que você me viu chorar
Talvez isso seja apenas uma doce ilusão
Provavelmente um devaneio sem motivo
Se nos amássemos de novo, eu juro que te amaria direito
Eu voltaria no tempo e mudaria tudo, mas não posso fazer isso
Então se a sua porta está trancada, eu entendo

Mas aqui estou eu engolindo o meu orgulho
Parada na sua frente dizendo
Que sinto muito por aquela noite
E eu volto a dezembro o tempo todo
Acontece que a liberdade não é nada além de saudades suas
Eu queria ter percebido o que eu tinha quando você era meu
E eu volto a dezembro, dou meia volta
E deixo tudo bem
E eu volto a dezembro, dou meia volta
E mudo de opinião
Eu volto a dezembro o tempo todo

O tempo todo



Não adiantava querer evitar.
As lágrimas caiam em cascata sobre meu rosto e logo Alex subiu até lá e me abraçou.
Seus olhos também estavam lacrimejados e ele chorou junto comigo.
Nós ficamos ali, em silêncio.Silêncio que era cortado apenas pelos meus soluços.Perdida nos meus própios sentimentos.
Eu o magoei...
Seth.
E mesmo sabendo que assim é melhor para nós dóis, algo dentro de mim grita desesperadamente para que eu vá atrás dele e lhe peça desculpas.
Mas eu nunca faria isso.
As lembranças de James ainda estão vivas dentro de mim.
Ele sim.Ele eu amava.Por ele eu faria qualquer coisa.
Eu adormeci nos braços de Alex, sem nem mesmo perceber.

3 comentários:

Joeyce to gostandoi muito!
aa a Ash tem que parar de magoar o Seth tadinho dele =(
espero pelos capitulos.
PS: fico muito grata por comentar minha fic, vou fazer o possivel pra estar sempre comentando a sua pq eu adoro ela!
bejinhos ate mais <3

oxxi Bianca
muito obrigada
que bom que gostou e vlw por comentar

suahsuhasuha
eu amo a sua fic
ela é muito boa, viu?
vou comentar sempre
Beeijos

nao consegui deixar pra amanha aushaush
aaaaaaaaaaaaaa oh vontade de bater na ash, deixa eu bater nela? aushasuhs
o cap estava otimo, mesmo o sethzinho sofrendo, espero q em breve eles se acertem

bjjss

Postar um comentário

Não esqueça de comentar, isso incentiva os escritores e também a mim que tento agradar a vocês.