12 de mai de 2010

A entrega

Posted by Daniella On 5/12/2010 No comments

Todos nos olhavam,na verdade estavam olhando Jane. E ela encarava Aro com os olhos amedrontados, eu nunca tinha a visto com medo,e aquela foi a primeira vez de muito tempo.
- Santiago, Alec e até mesmo você Pablo saiam do lado da traidora.- Disse Aro. Santiago foi o primeiro a obedecer, Pablo não faria nada ate que eu fizesse e naquele momento eu não sabia o que fazer.

- Alec eu lhe dei uma ordem,e a você também Pablo.- Pablo me olhou e vi que ele também estava com medo,indiquei para que ele saísse de perto de mim, mas ele fez que não com a cabeça e continuou no mesmo lugar. Olhei para cada um, calculando o que eu poderia fazer,talvez não muita coisa pois mesmo se eu usasse meu poder para dar tempo de Jane fugir, meu esforço seria em vão por quê eu também estaria condenado e depois Demetri com certeza acharia Jane e de qualquer forma ela morreria.

- Vem Pablo.- Sai de perto de Jane,e ela me deu um olhar ilegível.

- Muito bem,vamos para sala dos lideres. Pablo você ainda é bem forte,ajude Alec a trazer Jane,com vocês dos a segurando ela não poderá lutar e nem tentar fugir.- O que Aro queria de mim,como ele podia me mandar fazer aquilo? Eu não iria ajudar a matar minha própria irmã. Fiquei parado,e não obedeci.- Alec estou sendo muito paciente com você ultimamente,e você tem sorte por eu não condena-lo junto com Jane,ou pensa que eu esqueci que você e Pablo acoitou a traição dela. Então não me faça mudar de ideia. - Nem as ameaças de Aro,iriam me obrigar a arrastar Jane para a morte.- Alec,a menos que você não tenha amor a sua vida,e nem a vida de Pablo traga Jane agora.- Aro queria me castigar, só pode!. Eu não iria fazer aquilo,e nem mesmo ver minha irmã morrer sem fazer nada a respeito,eu sei que é um erro e muito arriscado mas eu iria ajuda-la. Olhei para todos ali,quando começaram a cair com os olhos enevoados, até mesmo Renata estava sobe efeito do meu poder.

- Vai Jane, fuja.

- Mas e você?.

- Não importa,agora vai.

- Vão te matar,e a Pablo também.- Era verdade,mas não tinha outro jeito era aquele,ou aquele.

- Eu dou meu jeito,eu e Pablo vamos ficar bem.- Sera que era verdade? Espero que sim.

- Vocês não vão,eu sei. Pablo, e muito menos você não podem pagar pelos meus erros,eu vou ficar,agora pare de usar seu dom.

- Você esta louca? Não vou parar de usar meu dom até que você esteja longe daqui,vai, agora!

- Não vou,você acha mesmo que vou deixar você morrer? Pare Alec, libere os volturi.

- Não!.

- Agora.- Ela disse,eu não obedeci. Então eu comecei a queimar por dentro,a dor era tão insuportável que não tive forças de continuar usando meu poder.

- Jane pare,só quero te ajudar.- Eu disse baixo e entre dentes pois nem minha voz saia direito.

- Eu não preciso da sua ajuda Alec,eu quero mas que você e esse clã se explode.- Ela terminou de falar,e a dor parou.

- Esta vendo Alec,é isso que você ganha da traidora.- Disse Aro com um sorriso idiota no rosto.- Agora,vê se aprende e me obedeça, e traga sua irmã.- Quando ele terminou de falar,Jane levantou os braços um para mim outro para Pablo.

- O que você esta fazendo? Se entregando assim? Sem fazer nada?.

- É! Talvez eu devesse fazer mesmo. Mas pensando melhor, devo cuidar do meu irmão imaturo e imbecil e não deixa-lo morrer em meu lugar.- As palavras fugiram da minha boca,olhando ali para ela tão determinada a me proteger, e eu não podia fazer o mesmo por ela.

- Alec é a ultima vez que falo,a traga já!.- Eu estava segurando um dos braços dela,mas não tinha coragem de puxa-la, eu estava paralisado. Então ela mesmo começou a andar,mas minhas mão ainda estavam em seu braços, e eu de uma forma que não sabia explicar não consegui solta-los.

- Não fique triste Alec,você não pode fazer nada. Alem do mas você ate que tentou,ela que se entregou.- Sera que a tristeza estava tão transparente em meu rosto, para Pablo me dizer aquilo?.

- Eu sei.- Respondi,sem olhar para ele.

- Minha querida Jane,você sabe porque está nesta situação não é?.- Começou Aro,já na sala dos lideres rodeado de todos os vampiros.

- Sei,e não me arrependo de nada.- Ela respondeu com a voz fria.

- Ótimo! Mas você sabe que seus amiguinhos vão virar um dos volturi,mas caso contrario vão morrer todos como você.

- Não se iluda Aro,eles nunca aceitaram sua proposta. E de qualquer forma você não tem como encontra-los.

- Claro que não sei,você que vai me dizer onde eles estão.- Ele se aproximou de Jane e a tocou, mas quando ele acabou de escutar seus pensamentos,vi que a fúria havia subido nos seus olhos e ele trincou os dentes e deu um tapa no rosto de Jane,mas ela ao invés de se enfurecer também ficou com um sorriso satisfatório no rosto. Fiquei curioso,mas o que sera que Aro tinha visto?.

0 comentários:

Postar um comentário

Não esqueça de comentar, isso incentiva os escritores e também a mim que tento agradar a vocês.