7 de mai de 2010

Por toda a eternidade

Posted by sandry costa On 5/07/2010 10 comments


Nessie
Acordei me sentindo desorientada, mais me lembrava perfeitamente o que tinha acontecido. Senti o Jake ressonando ao meu lado.
_Amor.
O chamei baixinho, ele abriu os olhos e deu um sorriso lindo.
_Pequena.
Sua voz era um misto de alegria e alivio, ele me olhou longamente e encostou seus lábios nos meus com doçura.
_Como você está se sentindo?
Eu me sentia realmente bem. Mais e...
_Estou bem amor. Mais e a Lynnda e o Seth?
_O Seth está bem, e a Lynnda.
Ele parou e olhou para baixo, desviando seus olhos do meu.
_Como ela está? Ela morreu ou se transformou?
_Ela não morreu, mais não se transformou em vampira.
_Não?
Com certeza eu estava bem, mais parecia que não estava raciocinando direito, pois se ela não morreu e não se transformou em vampira, não sabia o que poderia ter acontecido.
_Ever a transformou... Nessie tem uma coisa que eu quero te falar.
Eu o olhei e ele prosseguiu.
_Você ainda quer casar comigo.
_Claro amor.
_Durante esse tempo que eu sofri por quase ter perdido você, eu pensei em uma coisa.
Ele respirou fundo, e falou.
_Nós nos amamos, e eu tenho certeza que eu quero ficar com você pra sempre, então eu pensei que nós poderíamos, sei lá, quem sabe nos casarmos no sábado.
Eu olhei para ele com os olhos arregalados.
_Sábado, neste sábado?
_Claro se você quiser.
Ele olhou para baixo, e eu sabia o que eu tinha que fazer, por que eu não precisava pensar para responder isso pra ele.
_Me deixa falar com meus pais primeiro.
Ele deu um sorriso enorme e assentiu com a cabeça. Ouvimos uma batida na porta e meu pai perguntou.
_Podemos entrar?
_Bloqueia os seus pensamentos.
Sussurrei para o Jake.
_Entrem.
O Jake se levantou e sentou na beirada da cama, para que eu pudesse abraçar meus pais.
_Você está bem minha filha.
_Sim mamãe.
_Edward ela ta falando a verdade?
Soltei uma gargalhada e meu pai me acompanhou. Ele deu um beijo em minha mãe e disse.
_Sim amor ela ta falando a verdade.
Ficamos um tempo conversando, mais eu tinha algo a falar com meus pais.
_To precisando caçar, vamos comigo?
Perguntei a eles, ambos aceitaram e depois saíram do meu quarto.
_Eu não estou convidado?
Jake me perguntou fingindo estar magoado, eu dei um sorriso.
_Sempre amor.
_Tudo bem eu tenho que ir a Lá Push ver como estão meu pai e minhas irmãs, e creio que você preferi conversar com eles as sós.
_Uhum.
Eu murmurei já o beijando, era como se eu não conseguisse ficar longe dos seus lábios.
Quando descemos vi que tio Jasper estava afastado e me aproximei para saber o que ele estava fazendo.
_Oi tio.
Dei um beijo no seu rosto.
_O que você está fazendo?
Ele ficou serio, mais respondeu.
_Uma lista de todas as nossas perdas.
Ele me mostrou e eu dei uma longa olhada para todos que tínhamos perdido. Felizmente nossa lista só continha três nomes “Kachiri, irmã de Safrina, Collin, e Bem, dois lobos novos“. E as perdas deles nós não sabíamos quais eram. Lembrei-me de algo que havia pensando quando Jake me contou sobre a Lynnda.
_Tio, você sabe exatamente o que vai acontecer com a Lynnda.
_Segundo o Ever, ela continuará normal, ou seja, humana até que ela decida que é a hora de se tornar uma imortal, então ela será treinada para evoluir seus dons.
Assenti com a cabeça, isso esclarecia algumas das minhas duvidas. Jake veio até nós se despediu pra ir para reserva, logo após meus pais e eu saímos.
(...)
Rapidamente caçamos alguns alces que tinham por perto e sentamos perto do rio para conversarmos, pois esse era o real motivo dessa caçada.
_O que você quer nos dizer?
Minha mãe perguntou assim que nos sentamos.
_eu amo o Jake, e vou me casar com ele.
_Nós sabemos disse querida.
Meu pai falou, o que ele não sabia era que eu queria me casar neste fim de semana.
_Já, porque tão rápido?
_Posso participar da conversa?
Minha mãe nunca gostava quando a excluíamos da conversa.
_Ela pretende se casar neste fim de semana.
Ela me olhou questionadoramente.
_Essa pressa tem algum motivo em especial.
Eu mordi meu lábio inferior, até que tinha mais não era exatamente o que ela estava pensando. Meu pai fez uma careta e perguntou.
_Vocês não vão começar a falar sobre isso, vão?
Mesmo morrendo de vergonha, e com certeza estava muito vermelha, eu tive que rir.
_Isso me faz lembrar a sua mãe.
Meu pai falou acariciando minhas bochechas.
_Você tem certeza disso filha.
_Sim mãe, eu amo ele e se vamos ficar juntos não tem por que esperar.
Eu só não sabia se daria tempo, pra arrumar os papeis, organizar a festa e convidar a todos os nossos amigos.
_Com isso não se preocupe meu anjo, seu tio Jasper arruma os papeis, eu posso convidar os nossos amigos, e quatro dias é tempo suficiente pra sua tia Alice e as discípulas dela organizarem uma festa. Meu pai falou e sorriu, mamãe e eu o acompanhamos, eu estava feliz por eles me entenderem.
_Tem mais alguma coisa amor?
Minha mãe me conhecia muito bem, e sabia que tinha mais alguma coisa.
_Eu to com medo.
_O que você teme?
_Eu não sei como agir ou o que fazer.
Não foi preciso explicar que não era do casamento que eu estava falando.
_Não se preocupe com isso também, vai dar tudo certo.
Minha mãe falou antes de ser interrompida pelo papai.
_Eu realmente preferia não falar sobre isso.
Nós três rimos novamente.
_Ok, só uma coisa.
Eu os olhei e continuei.
_Vocês acham que eu posso ter filhos?
Esse assunto vinha me preocupando ultimamente, apesar de eu ter um ciclo menstrual nunca ouve ninguém como eu, então ninguém poderia saber, meu pai levantou meu rosto e respondeu olhando nos meus olhos.
_Tenho certeza que sim filha, e se não puder tenho certeza que o Jake não se importará.
Eu assenti com a cabeça mais me incomodava pensar que não poderia dar um filho pro Jake, mais eu confiaria que tudo daria certo.
_Boa idéia.
Meu pai sussurrou em meu ouvido.
_Vamos pra casa, temos muita coisa pra fazer.
_Primeiro vou a Lá Push conversar com o Jake, não contem a ninguém.
Disse para eles.
_Claro amor.
Mamãe falou, depois ela e o papai me beijaram e eu fui pra Lá Push.

Jake

_Tio.
Gabriela pulou no meu colo assim que eu cheguei.
_Nossa você ainda conhece ele.
A Beca falou implicando, e todos nós rimos.
_Até parece, nós estávamos juntos na casa dos Cullen maninha, lembra?
_Serio, você estava lá!
Ficamos conversando e brincando a manhã toda. Ouvi alguém bater na porta e o Rick foi abrir.
_Oi titia.
Ele falou brincando e eu logo senti seu cheiro e não foi possível evitar o sorriso bobo que apareceu no meu rosto.
_E ai Rick, oi Billy, Ray, Beca, Gabizinha.
                Minha sobrinha saiu do meu colo e correu pra abraçar a Nessie.
                _Oi amor.
                Eu falei indo até ela, era uma ótima surpresa ela ter vindo até aqui, mais com certeza não era à toa.
_Oi, posso falar com você.
_Claro, vamos dar uma volta.
Nós saímos andando pela praia e ela estava muito calada.
_Você ta me matando com esse suspense todo.
Ela deu um sorriso forçado.
_Eu falei com os meus pais.
_E o que eles disseram?
Eu estava ansioso, eu esperei por ela por tantos anos.
_Papai vai ligar para nossos amigos convidado para nosso casamento no próximo sábado.
Antes mesmo dela terminar de falar eu a peguei no colo e a rodei, já a beijando intensamente, minha Nessie, ela seria minha. Sentei-me no areia sem interromper nosso beijo, ela subiu sua mão para o meu rosto e eu tracei um caminho de beijos até seu ouvido e disse.
_Eu sou a pessoa mais feliz do mundo.
_Eu também amor, agora temos que avisar nossas famílias e temos muita coisa pra resolver.
Voltamos para casa do meu pai rapidamente e eu falei logo que entramos.
_Vamos nos casar.
_É Jake nós sabemos.
A Ray falou e todos inclusive a Nessie sorriram.
_Haha engraçadinha corrigindo, vamos nos casar sábado.
_Sábado!
O susto não durou muito tempo, todos logo começaram a rir e vieram nos abraçar, a Ray e a Beca já começaram a planejar como seria o casamento. Depois de um tempo Nessie e eu fomos pra casa contar para os demais a nossa decisão.

Nessie

Assim que chegamos vimos uma sorridente Alice.
_Pai, não era pra contar.
_Ninguém me contou nada, quer dizer, não propositalmente.
Eu sorri do jeitinho da minha tia querida e deixei pra lá. Reunimos todos e informamos nossa decisão.
_Estou ouvindo pode falar.
Tia Alice falou olhando pra mim.
_Falar o que tia.
_Quais são suas proibições.
Eu sorri lembrando de todas as vezes que tia Alice ou tio Emmett me contou sobre o casamento do papai e da mamãe.
_Na verdade tia Alice, você tem carta branca pra fazer o que quiser.
Ela sorriu radiante e me deu um beijo. E antes mesmo de sair da sala ela já estava com o celular no ouvido, meu pai falou com o tio Jasper que precisaríamos de documentos. Então ele, tia Rose e minha mãe foram ligar para nossos amigos. Eu não tinha muita coisa pra fazer porque tia Alice e suas aprendizes, como diz o papai, estava tomando conta de tudo, e eu não tinha o direito de saber de nada, e mesmo assim não estava preocupada.
O sábado chegou rapidamente e a casa estava lotada novamente, só que desta vez pro dia mais importante da minha vida, o dia que tornaria oficial a minha união com o Jake.
Eu acordei cedo e sabia que não veria o Jake até o anoitecer. Fui para minha banheira e tomei um banho demorado, vesti uma roupa fresca e desci para cumprimentar a todos. Surpreendentemente praticamente todos nossos amigos estavam presentes: minha avó Renée e o Phil, Eleazar, Carmen, Tanya, Kate, Garrett, Tia, Amun, Benjamin, Kebi, Peter, Charlotte, Siobhan, Liam, Maggie e mesmo com toda a tristeza de estar sem uma de suas irmãs queridas, Zafrina, Nahuel e Senna também vieram, fiquei um tempo conversando com todos, por volta do meio dia meu pai me chamou para almoçar e hoje até com isso não me importaria. Ele me disse que estava tudo pronto para minha viajem para a lua de mel, (notei algo diferente no seu olhar, mais deixei pra lá) nós iríamos para um Nonoia, eu queria que Jake conhecesse o lugar onde eu estive esse tempo todo, mais nós só viajaríamos no domingo à noite, e voluntariamente meus pais cederam à cabana para nossa noite de núpcias. Passamos um bom tempo conversando até que minhas tias e minha mãe vieram me buscar para começar a me arrumar. O restante da tarde eu passei nas mãos habilidosas de minhas tias, minha mãe ajudava em tudo que elas pediam, elas fizeram limpeza facial, pintaram minhas unhas da mão e do pé, me maquiaram e por fim me vestiram.
Por volta das sete horas da noite eu me vi em frente a oito vampiros e dois humanos que sorriam de orelha a orelha, minha avó Renée e meu avô Charlie choravam discretamente, principalmente meu avô, todos me abraçaram e beijaram Então tia Alice me virou para olhar no espelho e eu senti meu queixo cair. O meu rosto estava em um belíssimo tom de rosa claro, uma sombra clara e o lábios delineando fortemente os meus olhos, um gloss da cor dos lábios. Meu cabelo estava um pouco preso, com um belíssimo arranjo e o restante caindo em cachos pelas minhas costas.

 Eu estava com o vestido mais lindo que eu já vi.
Minha família saiu do quarto deixando somente eu e meus pais. Não foi possível dizer nada, pois um nó enorme se formou na minha garganta e pelo rosto deles, ambos estavam na mesma situação que eu, eu os abracei forte mostrando para ambos mentalmente a quanto eu os amava, relembrei momentos bobos nosso, meu pai brincando de cavalinho comigo, e nós três brincando de pega pega dentro de casa, momento marcantes como quando meu pai me deu minha estrela, e quando conversei com minha mãe antes de dizer ao Jake que o amava,  olhei para os meus lindos e jovens pais, os melhores que eu poderia ter e os beijei, tudo o que eu quero é ser feliz tanto quanto eles.
_Vou indo, não se esqueça que eu te amo querida.
Minha mãe falou, deixando meu pai e eu para ir depois. A única coisa que eu impus a tia Alice era que só estariam presentes no casamento quem conhecesse nossos segredos, por que ninguém tiraria o direito do meu pai de me levar até o altar e me entregar ao Jake. Nós nos olhamos em silencio por um bom tempo, e então meu pai falou.
_Tem uma coisa que quero te falar antes de irmos.
Eu sabia que tinha alguma coisa acontecendo.
_Pode falar pai.
_Eu conversei com a sua mãe e com a nossa família, e decidimos nos mudar depois do seu casamento.
_Como?
Soltei o ar com força, eu nunca fiquei longe dos meus pais.
_Vocês não podem fazer isso comigo.
_Se acalme querida, e me escute.
Eu o olhei e ele prosseguiu.
_Eu falei com o Jake e nós todos vamos nos mudar.
                _Todos?
                Eu o olhei como se fosse uma retardada, pois era demais pra eu entender, eu não queria ficar longe dos meus pais, mais nunca imaginei o Jake deixando Forks.
                _Você duvida de que o Jake faça qualquer coisa por você.
                _Não.
                Eu falei chorando.
                _Então após seu casamento todos vamos pra Nonoia, e o presente e da sua mãe já esta lá, afinal vocês precisaram de uma casa pra morar.
                O meu sorriso aumentou, iria ser bom morar em Nonoia novamente, e construir lembranças felizes de lá. Ficou decidido que Jake e eu iríamos no domingo e na semana seguinte minha família se juntaria a nós.
                _Vem, você não vai querer que ele desista vai?
                Nós descemos mais em vez de irmos para a entrada principal, nós fomos para os fundos.
                _Pai.
                Ele me interrompeu sorrindo.
                _Confie em mim querida.
                Eu o acompanhei. Ao chegarmos do lado de fora eu vi que o Seth estava transformado me esperando e quando abri minha boca para falar, meu pai foi mais rápido que eu.
                _Foi você que deu carta branca a sua tia.
                E mesmo sendo estranho eu não via um meio melhor de ir pro meu casamento, pois a minha vida inteira eu sempre andei nos lobos. Meu pai vendou meus olhos e me ajudou a subir no lobo areia, depois que eu me arrumei ele começou a correr com toda sua velocidade. Em menos de dez minutos nós paramos, e meu pai novamente me deu sua mão, ele com todo cuidado retirou a venda dos meus olhos e eu me vi olhando pra uma cena de cinema.
                A clareira que foi cúmplice de momentos marcantes, a mesma que meu pai pediu minha mãe em casamento, a mesma onde ele me deu meu presente de quinze anos, a mesma onde Jake e eu passamos vários momentos juntos, a mesma que a quatro dias atrás eu disse aos meus pais que iria me casar hoje com o Jake, estavam todos meus familiares e amigos.
As flores naturais do lugar se uniram a guirlandas de orquídeas. Luminárias por toda sua volta. Varias mesas com toalhas rendadas, com arranjos de rosas no centro, um caminho foi feito no centro com um tapete branco coberto de rosas vermelhas que ia até um altar todo de madeira, com ramos de trepadeira e tulipas vermelhas e brancas em volta de suas pilastras.             A Lynnda, a Loma, a Leah e a Marcya eram minhas damas, elas entraram lentamente na minha frente, então chegou a minha vez e quando estávamos no meio do caminho eu o vi, meu coração deu um salto e disparou no meu peito, o sorriso dele irradiava mais que todas as luzes do lugar, ele estava com um smoking preto aberto, com uma rosa vermelha na lapela

Uma lagrima rolou no meu rosto. Meu pai a enxugou carinhosamente.
E então eu senti sua mão quente na minha. E meu pai nos falou.
_Cuida dela, e sejam felizes.
A cerimônia não foi longa, e tanto Jake como eu estávamos muito emocionados quando chegou à hora dos nossos votos, ele foi primeiro.
_Nessie você é a minha vida, a única coisa que eu preciso para ser feliz. E a letra dessa musica diz tudo isso.
E então ele cantou.
               

Ooh you make me live
Whatever this world can give to me
It's you you're all I see
Ooo you make me live now honey
Ooo you make me live

Ooh you're the best friend that I ever had
I've been with you such a long time
You're my sunshine and I want you to know
That my feelings are true
I really love you
Oh you're my best friend

Ooo you make me live

Ooh I've been wandering round
But I still come back to you
In rain or shine
You've stood by me girl
I'm happy at home
You're my life

(Tradução da musica)


Oh, você me faz viver
qualquer coisa que este mundo possa me dar é você,
você é tudo o que eu vejo
você me faz viver agora,
você me faz viver


você é a melhor amiga que eu tive
Eu tenho estado com você há tanto tempo
Você é minha luz do sol e quero que você saiba
Que meus sentimentos são verdadeiros
Eu te amo de verdade
Você é minha melhor amiga


você me faz viver


Eu estive andando por aí,
mas eu sempre volto para você
Com chuva ou sol,
Você ficou ao meu lado, garota
Eu estou feliz em casa
Você é minha vida



Quando ele terminou me deu um beijo na testa e eu lógico estava em lagrimas novamente.Então era a minha vez.

Jake você é quem esteve comigo em todos as fases da minha vida,
 você é tudo ao mesmo tempo,
é o sol que ilumina meu dia,
a estrela cadente que brilha nas minhas noites escuras,
 seus braços é meu aconchego,
seus olhos meu porto seguro,
 você transforma meu dia em paraíso,
 você é o sentido da minha vida e hoje é o primeiro dia do nosso pra sempre.
Eu te amo.

 Eu toquei seus lábios por um segundo. E então veio a famosa frase, com um dedinho de tia Alice nela.
_Jacob, Renesmee de hoje em diante vocês serão um por toda a eternidade. Pode beijar a noiva.
E nesse momento eu não vi as luzes dos flashes, ou os risos baixo, eu me entreguei ao beijo mais doce da minha vida, nossos lábios se moveram juntos com cumplicidade. Seus braços acolhedor me envolveram e eu me derreti em seu peito.
Jake e eu passamos de mesa em mesa recebendo os cumprimentos de todos, a festa durou grande parte da noite e nós dividimos nossa alegria com nossos familiares e amigos em mais um momento, onde tinham humanos, vampiros e lobos festejando juntos. Abracei o Jake com imensa felicidade, pois esse dia não poderia ter sido melhor.
 Fanfic escrita por Sandry






10 comentários:

lindo eu amei, so estou esperando a vingaça da pan, isso concerteza vc vai aprontar alguma coisa.

Este comentário foi removido pelo autor.

Quando quiser me fazer chorar avisa mulher!
Tava lindooooo! ç.ç
Amei como sempre!

By:Aya/Bruh!

Emocionante! Muito lindo Sandry! Parabéns!
È eu tb to anciosa pra ver o q a Pan vai aprontar!
Bjsculos^^

SANDRY VOCE ME FEZ CHORA MUITO DE EMOÇÃO......FICOU MUITO LINDO ESSE CAPITULO PARABENS

Sandry ficou perfeito um verdadeiro sonho eles merecem ser felizes parabéns
ps:eu to louk pra saber o que a Pam vai aprontar bjinhos

Ameiii Sndry
Parabens
Quando for casar quero um vestido assim..
rsrsr Ameiii
Foi tudo muito perfeito..
Aposto que ela vai conseguir engravidar sim.. e não digo nada se não for na Lua de Mel, rsrsr

Sabe pensei que fosse ter aquele famoso "se alguem tem algo contra esse casamento, que fale agora ou se cale para sempre" e que a pandora fosse chegar falando que tava gravida do Jake.. seria um babado só, rsrsrs
bjuss

sandry vc a cada cap me surpreede me faz querer q o proximo nao demore ...........nossa esplendido maravilhoso espetacular surpeedente...........PARABENS,VC MERECE

eu tinha me esquecido de comentar aqui
mas vim deixar meus parabéns
tava lindo San
e eu quase chorei
te juro
Beeeijos

ai que lindo !!!! eu amei
quase chorei nesse final

Postar um comentário

Não esqueça de comentar, isso incentiva os escritores e também a mim que tento agradar a vocês.