8 de jun de 2010

Capitulo 4

Posted by sandry costa On 6/08/2010 6 comments

 Eu sou muito sortudo
 
*P.O.V. Edward*
Eu acho que sou o cara mais sortudo de todos!
A garota que estava agora na minha frente era simplesmente a mais bonita que eu já havia visto. Ontem eu já me achava sortudo por apenas morar na frente dela e vê-la dormir de um jeito tão angelical que eu quase não consegui dormir, só pra ficar observando ela. Mas hoje quando eu descobri que eu estudava na mesma escola que ela, eu tive a confirmação de que era o cara mais sortudo do mundo. Eu estava a encarando fixamente, pensando que tudo que eu queria era agarrá-la e beijá-la por toda a eternidade.
Bella: Edward algum problema? – ela perguntou por que eu continuava encarando ela.
Edward: Não, nada não. – eu sorri torto e ela começou a ficar corada. – Bella de onde você é?
Bella: Originalmente de Phoenix.
Eu comecei a lhe fazer um monte de perguntas, era engraçado ver as reações dela, às vezes ela corava de uma forma muito fofa. (*.*). Ela era incrível, eu queria saber tudo sobre ela, eu queria conhecê-la perfeitamente.
Bella: Edward você vai me deixar fazer alguma pergunta? – ela falou depois de responder a milhões de perguntas feitas por mim.
Professor: Que tal a pergunta um do exercício que eu vejo que vocês ainda não responderam? – ele tinha que nos interromper.
Edward: Ciclo de Krebs. – eu disse ainda encarando Bella que estava olhando pro professor super vermelha. E como eu sabia a resposta? Eu tinha olhado as perguntas e já tinha respondido mentalmente.
Professor: Agora por que a senhorita Swan não faz a dois.
Bella: É... Glicose. – ela respondeu corretamente.
Professor: Vejo que vocês não precisam da minha ajuda, mas vocês têm que colocar as respostas no papel.
Bella: OK. – ele foi embora e ela se virou pra mim. – Essa foi por pouco.
Edward: Como você sabia a questão?
Bella: Não era a minha vez de perguntar? – eu fiz que não com a cabeça. – Eu tinha dado uma olhada na folha antes. Mas é sério você tem que deixar eu fazer pelo menos uma pergunta.
Edward: E se a gente fizer assim: hoje é meu dia de fazer perguntas e amanha é o seu? – ela negou com a cabeça. – OK faz a sua pergunta.
Bella: Por que você faz tantas perguntas?
Agora ela tinha me pego. Eu ia falar o que? É porque eu quero te conhecer muito bem, porque acho que estou me apaixonando por você. Eu não posso falar a verdade.
Edward: Curiosidade. – eu falei e sorri torto, não sei por que ela ficou corada.
Bella: De onde você é?
Edward: Chicago.
E então ela começou a me fazer varias perguntas, algumas acho que por vingança por eu ter perguntado também, mas eu não me incomodava com isso era bom estar com ela.
O sinal bateu e tivemos que voltar pros nossos lugares, eu fiquei a aula toda brincando com o cabelo de Bella, um meteoro podia cair no meio da sala e eu não iria perceber, claro que seria uma exceção se ele atingisse a Bella, porque toda a minha atenção era dela.
O sinal do recreio tocou. Eu ia puxar assunto com ela quando a menina de cabelos bronze, que também era minha vizinha sentou no colo dela.
Reneesme: Bella! Vamos fazer o que?
Bella: Sei lá o que você quer fazer.
Reneesme: Matar Jacob Black! – ela sussurrou no ouvido da Bella.
Bella: Bem isso é mais com a Rose, mas acho que ele vai ficar em 2º lugar na lista dela, já que o gigante ta em 1º.
Edward: O nome dele é Emmett. – eu não queria ficar de fora da conversa.
Reneesme: E o seu é... – acho que ela não gostou da minha interrupção.
Edward: Edward Masen, e o seu?
Reneesme: Reneesme Carlie. E o dela é Bella...
Edward: Swan, eu sei. – eu falei e encontrei os olhos de Bella, seus lindos olhos cor de chocolate, que eram iguais ao da Reneesme.
Reneesme: Eu acho que eu to atrapalhando.
Bella: Que nada Nessie. – ela deu um sorrisinho sem graça.
Reneesme: Vamos descer, Edward você parece legal, que tal sentar com a gente. – eu não podia recusar.
Edward: Claro.
A gente desceu, Reneesme na frente e eu e Bella atrás, toda hora eu a olhava de lado e quando nossos olhares se encontravam ela ficava corada. Era tão bunitinhu!
Na mesa todos já estavam sentados esperando por nós. De um lado estava Emmett e a loira, Jake e uma cadeira vazia. Do outro estava Jasper e a baixinha e duas cadeiras vazias. Eu corri e sentei no lado que tinha duas cadeiras vazias, foi feio fazer Bella escolher, muito mais sabendo do súbito ódio de Reneesme por Jake, mas eu a queria ao meu lado. Por sorte ela olhou pra Reneesme como quem diz: “Desculpa” e sentou ao meu lado. Eu não disse que sou sortudo. A Reneesme teve que sentar do lado do Jake que se encostou na cadeira e colocou o braço nas costas da cadeira dela, o que ocasionou uma encarada por parte dela.
Edward: Então Bella, onde estávamos? – eu a encarei.
Bella: Eu estava te fazendo algumas perguntas. – ela virou pra mim sorrindo.
Edward: Algumas? Você se refere ao interrogatório?
Bella: Você fez muito mais!
Edward: Culpado. – ela riu e eu também.
Reneesme: Que tal os meninos irem buscar a comida para as meninas? – ela falou fazendo a mesa toda prestar atenção nela.
Jacob: Por quê? Você não é competente bastante pra buscar a sua própria comida?
Reneesme: Sou, mas vocês podiam mostrar um pouco de cavalheirismo.
Edward: Ela tem razão. – eu tenho mania de ser um cavalheiro.
Emmett: O que você vai querer Rose?
Rosalie: Qualquer coisa sem gordura.
Emmett: Rose, seu corpo é ótimo, não precisa fazer dieta...
Rosalie: Emmett eu só não quero entupir as artérias do meu coração! – ela falou ficando um pouco brava.
Emmett: É, você tem que ocupá-lo comigo.
Jasper: E você Lice o que quer? – Jasper já ta na maior intimidade com a baixinha.
Alice: Você pode escolher Jazz. – o que eu disse sobre a intimidade?
Edward: Bella...
Bella: Pode escolher pra mim, Ed. – ELA ME CHAMOU DE ED! *.*
Jacob: Nessie e você?
Reneesme: Eu quero você fora da minha mesa! – alguma coisa muito séria ele devia ter aprontado pra ela.
Jacob: Desculpe, mas não temos isso no cardápio.
Reneesme: Vai buscar qualquer coisa, então! Vai, vai!
Ele mandou um beijo pra ela e depois se levantou, eu continuava encarando a Bella, por isso ele me deu um tapa na cabeça.
Jacob: Acorda cabeção!
Eu encarei ele e me levantei.
Edward: Da pra não me chama de cabeção! Pelo menos não na frente da...
Emmett: Bella? – ele falou de forma melosa.
Edward: Você não pode falar nada senhor a Rose é maravilhosa!
Jasper começou a rir.
Jacob: E o senhor, Lice eu sou seu escravo.
Jasper: Eu não sou escravo de ninguém. – ele tinha tocado num ponto fraca do Jazz. – E o que você fez de tão ruim pra aquela menina te odiar tanto?
Jacob: A Nessie? – ele falou e suspirou, a gente simplesmente concordou com a cabeça. – Bem, eu falei que a moto dela era bonitinha.
Edward: Você falou isso? Imagino se alguém falasse algo da sua moto!
Jacob: Ela falou! Ela disse que era boazinha, acreditam? A minha maquina boazinha!
Emmett: Se deu mal cara!
Jacob: Só eu? Quem foi pra coordenação no 1º dia de aula?
Emmett: Fui eu, mas eu me dei muito bem! – ele disse com um sorriso convencido no rosto.
Os três: Como? – nós o olhamos chocados.
Emmett: Depois eu conto. – ele disse isso porque já estávamos na mesa, em casa ele não vai parar de se vangloriar.
Rosalie: Contar o que Emmett? – ela disse séria.
Emmett: Nada não Rose. – ele entregou pra ela um salgado que ele tinha comprado. Ela pegou e comeu meio desconfiada.
Bella: Você pode me dizer o que é? – ela me perguntou quando eu sentei ao seu lado e entreguei-lhe uma fatia de pizza.
Edward: Curiosa?
Bella: Claro!
Edward: Eu também, mas o Emm não falou, ainda...
Bella: Ainda? – ela falou tampando a boca com a mão já que estava com um pouco de comida nela.
Edward: Aposto qualquer coisa que quando ele chegar em casa ele vai começar a me contar.
Bella: Qualquer coisa? – ela perguntou com os olhos brilhando.
Edward: Pra você qualquer coisa. – eu disse bem perto de seu rosto, com uma voz bem... Sedutora. Ela ficou muito vermelha e tentou desviar o olhar, porém eu segurei seu rosto segurando o queixo dela.
Bella: OK. Que tal... – ela piscava freneticamente, como se não conseguisse raciocinar. – Eu não sei o que você sugere?
Ela não podia me dar esse poder de escolha.
Edward: Que tal um beijo? – eu falei me aproximando mais ainda.
Bella: OK. – ela falou como num sussurro.
Eu me distanciei dela, tinha que deixá-la na expectativa.
Edward: OK, se o “gigante” – eu usei o apelido que ela tinha usado com a Reneesme antes. – abrir o bico eu ganho um beijo, mas se não, você ganha o que?
Bella: Não teria que ser ao contrario? Se ele não abrir o bico EU ganho um beijo?
Edward: Que tal, de qualquer jeito a gente ganha um beijo, mas quem ganhar escolhe o tipo e o lugar do beijo.
Bella: Feito! – ela parecia muito ansiosa.
Edward: Feito. – eu disse e dei uma mordida na minha pizza.
Nós passamos o recreio comendo e nos encarando.
Às vezes ouvíamos um grito da parte da Rosalie ou da Reneesme, mas ignorávamos, como Jasper e Alice.
O resto do dia eu e Bella ficamos trocando bilhetinhos com varias perguntas, ela se esquivava de algumas, mas eu não vou ter pressa, eu vou descobrir tudo sobre ela e ela vai ser minha!
Eu me despedi de Bella.
Edward: Te vejo no meu quarto?
Bella: Ahn?
Edward: Esqueceu que eu posso te ver pelo meu quarto?
Bella: Ah, é. E quando eu te vir vamos saber o resultado da aposta.
Edward: Esta ansiosa?
Bella: Quem eu? – ela começou a corar. – Sim! – ela ficou super vermelha e foi embora.
Nós entramos no carro e em um flash já estávamos em casa, Jasper dirigia muito rápido, como todos nós.
Chegamos na casa e Emmett ia subindo pro quarto dele.
Edward: Emmett McCarty conte-nos tudo!
Emmett: Por que esta tão curioso Edzinho?
Edward: Nada não.
Emmett: Vou fingi que acredito, deve ter alguma coisa a ver com a tal de Bella.
Edward: Pode ser, mas conta logo! – eu queria dar aquele beijo nela, eu queria ter dado a tarde toda.
Emmett: Não sei, acho que vou deixá-los com curiosidade.
Edward: Emmett minha vida esta na sua mão, fala logo!! – eu sei, eu fui meio dramático.
Emmett: OK, drama queen. (N/A: rainha do drama) – nós nos sentamos na sala e ele sorriu de um lado ao outro. – Eu dei uns pegas na garota mais perfeita do mundo.
Jasper: Como se a Lice tava comigo o tempo todo?
Emmett: Há, há engraçadinho. Eu to falando da Rose. – ele agora tava com os olhos brilhando.
Jacob: Mas como foi isso?
Emmett: Lembra que a gente saiu de sala?
Os três: Sim!
Emmett: depois disso.
*Flash Back On*
Rosalie: Quer dizer então que você é meu novo vizinho?
Emmet: Sou. – eu disse e colei nossas testas.
Rosalie: Eu bem que posso aprender a gostar. – ela disse sorrindo.
Emmett: Eu posso te ensinar. – então eu fechei o espaço entre nós e a beijei com tudo.

*Flash Back Off*
Edward: Linda história, mas agora eu tenho que ir. – eu me falei me levantando.
Emmett: Aonde?
Edward: Me dar muito bem! – eu disse saindo.
Eu fui até a casa da Bella, quem abriu a porta foi a baixinha.
Alice: Oi. – ela disse sorrindo.
Edward: Como vai baixinha... er Alice. – eu tava tão ansioso que acabei falando o apelido que tinha inventado pra ela.
Alice: Bem, mas e o Jasper? – nem perguntou por mim, perguntou só pelo Jazz, quanta consideração. Eu ia reclamar com ela mais eu tinha mais o que fazer.
Edward: Ta bem, qual é o quarto da Bella?
Alice: Pra que você quer saber?
Edward: Por que eu quero falar com ela, por favor, Alice me diz. – eu falei suplicante.
Alice: O 2º da esquerda pra direita.
Edward: Obrigada baixinha. – eu falei enquanto subia.
Eu estava completamente ofegante, parte por causa da corrida, mas parte por que estava muito ansioso.
Eu não tinha planejado como falaria ou o que faria, ia deixar rolar naturalmente.
Eu cheguei no quarto dela, abri a porta devagar e sem fazer barulho, ela estava sentada na cama encarando a minha, sentada de pernas cruzadas (N/A:em perninhas de índio rsrs).
Eu me aproximei lentamente sem fazer barulho, cheguei meu rosto perto de seu ouvido.
Edward: Ele falou. – eu falei tentando ficar calmo, mas ainda tava um pouco ofegante.
Ela se virou pra mim um pouco espantada por me ver ali. Eu não esperei ela responder, simplesmente beijei ela vorazmente.
Era tão bom, nossos lábios se encaixavam, era como uma perfeita dança, um ardente tango. Já estávamos deitados, eu em cima dela. Eu explorava aquele corpo perfeito com as minhas mãos enquanto meus lábios exploravam cada pedaço de sua boca.
Eu estava completamente sem ar quando nos separei.
Bella: Boa escolha. – ela falou sorrindo, quando seu ar havia voltado.
Eu aproveitei e voltei a beijá-la.
De repente um pequeno ser nos interrompe.
Alice: Edward o Jazz... OMG! – ela falou fingindo surpresa.
Bella nos separou, não muito. Ela só colocou a mão em meu peito, nossos corpos ainda estavam colados e uma constante corrente elétrica passava por eles.
Edward: Que é baixinha? – eu falei um pouco irritado.
Alice: O Jazz ta em casa? – ela me interrompeu pra perguntar isso?
Edward: Por que não olha pela sua janela?
Alice: Eu quero fazer uma surpresa pra ele que nem você fez com a Bella.
Bella: Você ta querendo fazer a mesma coisa com o Jasper? – ela se referia ao beijo.
Alice: Sim! – falou a cara de pau.
Edward: Então vai lá!
Alice: Eu vou! Ah e desculpem a interrupção. – ela falou fechando a porta.
Edward: Onde estávamos. – eu falei sorrindo maliciosamente pra Bella.
Bella: Edward, não. – ela falou quando eu comecei a beijar o pescoço dela.
Edward: Tudo por você Bella. – eu disse e me levantei.
Eu me sentei numa ponta da grande cama de casal de Bella e ela sentou na outra ponta.
Nós começamos a conversar e de vez em quando, nos beijávamos.


Gostaram do POV do Ed?
Reviews??*.*
Beijos,
Laura
PS: Quem puder da uma olhada nas minhas outras fics no nyah!
 
Fanfic escrita por Laura

6 comentários:

mto legal a fic!!!!
parabens!!!!
continua escrevendo!
bjos

Show! Muito legal1

Continuaaa! \o/

By: Aya/bruh...

oi LAURA primeiro sua fic e simplismente o maximo ela e perfeita e maravilhosa parabens...........................e segundo posta suas outras fics aqui pra gente ler sei q serao lindas .......................olha eu so quis dizer q suas fics sao lindas e q gostaria de ler ...muito parabens amiga

Sua fic é ótima! Amo ela demais!!!!!
PARABÈNS!!
BJSCULOS^^


By::
Dany
Rocha

adorei a fic parabéns...
muito curiosa para a continuaçã´;;

Oi Lala, maior sucesso kkk
eu sabia sua fic é mara amiga

bjssss

Postar um comentário

Não esqueça de comentar, isso incentiva os escritores e também a mim que tento agradar a vocês.