13 de fev de 2011

capitulo 10 - Formatura

Posted by sandry costa On 2/13/2011 19 comments


Quero agradecer a todos comentarios, e como prometido esta aqui o proximo capitulo.



Ness
Comemoramos até tarde e deixamos pra voltar pra casa no outro dia.
Assim que cheguei em casa meus pais vieram me receber com um abraço.
- E ai? – Mamãe perguntou.
- Ganhamos. – Falei mostrando minha medalha.
- Parabéns querida. – Mamãe falou e me abraçou, ela me conduziu pra mesa de café da manhã que estava perfeita, com tudo que eu mais gostava.
- Tenho novidade. – Papai falou quando já estávamos sentados. O olhamos e ele prosseguiu. – Consegui um meio pra dar a bolsa de estudo pra Luisa.
         - Sério? – Perguntei pulando na cadeira, papai sorriu.
         - Sim. Fica despreocupada com isso.
         E foi o que eu fiz. Dois dias depois Luly’s chegou entusiasmada na escola, contando que tinha ganhado uma bolsa com o clube de matematica. “Valeu Jake” pensei sorrindo.
         - Que demais. – Nanda falou gritando. – Nós quatro vamos pra NY juntas. – A euforia do momento deu lugar à outra ainda maior quando entramos na escola. Cartazes de vários tamanhos anunciavam a formatura e o baile de fim de ano. Nanda entrou pro comitê de formatura e nos deixava informada de tudo. Antes que as aulas terminassem o diretor me procurou e avisou que eu havia sido escolhida pra ser a oradora da turma.
         Os dois últimos meses voaram, a escola estava a todo vapor com os preparativos do fim do ano, o baile seria sobre o floco de neve e todas as garotas teriam que ir vestida com vestidos de debutantes. Eu fiz meu discurso de oradora, mas tinha algo me incomodando, algo que eu não conseguia lembrar o que era.
         - Ansiosa? – Papai perguntou, me fazendo lembrar que hoje era a véspera da nossa formatura. Todos estavam fazendo seus planos pras férias, mas tudo o que eu queria era passar todo o meu período de férias com meus pais, pra quando chegasse a hora de ir pra Nova York a saudade fosse menor.
         - Muito. – Falei me aconchegando em seus braços.
         - Não vai mesmo nos deixar ver seu discurso? – Dei um sorriso e neguei com a cabeça. Me aconcheguei em seus braços e última coisa que eu lembro é dele me beijando minha testa na hora após me colocar na cama.
         Eu estava na mesma campina da primeira vez e então eu o vi vindo até mim. Enquanto Arthur caminhava em minha direção eu soube o que estava me incomodando, do que eu senti tanta saudade. Eu pude ver seus olhos azuis intensos, seu sorriso perfeito e senti meu coração pular no meu peito.
         - Arthur. – Sussurrei me jogando contra seu corpo que vinham em minha direção. Arthur congelou por um momento e então passou seus braços por minha cintura. – Que saudade. – Falei contra seu peito. – Você sumiu. – Era como se meu coração estivesse sangrando e só de sentir seus braços em minha volta, seu calor, sua paz eu tivesse me curado.
         - Sinto muito, querida. – Ele falou se afastando pra olhar nos meus olhos. – Tudo que eu mais queria era estar aqui. – Ele voltou a me abraçar. – Com você. – Ele voltou a me abraçar e ficamos em silêncio ouvindo somente nossos corações pulsando como loucos em nossos peitos, no mesmo embalo um do outro.
         - Sabe, amanhã, ou hoje, será minha formatura.
         Quando olhei para cima vi o teto escuro do meu quarto e gemi sentindo falta dos seus braços. Uma dor profunda no meu peito, uma mistura de felicidade com tristeza. Eu queria tanto que ele estivesse comigo na minha formatura. Então algo começou a fazer sentido, sempre que eu o via ele parecia estar envolto com uma fumaça branca, e ninguém nunca o via, bem, se uma das minhas amigas o tivesse visto eu com certeza saberia. E ele sempre me visitava nos meus sonhos, e era sempre tão real, será que eu estava nos sonhos dele? Arfei virando na cama e perdendo completamente meu sono.
         Ao contrário do que eu imaginava voltei a dormir e acordei com a Bia entrando no meu quarto.
         - Levanta. – Bia falou retirando meu edredom. Minhas amigas e eu passaríamos o dia em um spa na minha casa. Foram várias horas de massagens corporal e capilar, fizemos unha, depilação e tudo que tínhamos direito. Lógico, as meninas e eu puxamos a mamãe junto e ela ficou conosco o dia todo, compartilhando desse momento comigo. Nos arrumamos e nos maquiamos e quando eram oito horas da noite, uma limusine parou em frente nossa casa, pra levar as garotas e eu pra formatura, eles iriam no carro do papai.
 
  
     
Vestidos:
Primeiro - Bia
Segundo - Luly's
Terceiro - Ness
Quarto - Nanda

Nós teríamos a entrega dos diplomas, depois, um jantar com toda a família dos formandos e por último teríamos o baile. Então eu estava com um vestido rosa, tomara que caia, Nanda estava com um vestido também tomara que caia vinho, Bia com tomara que caia roxo e Luly’s um preto. Todas estávamos com becas pretas, com faixa vermelha por cima dos vestidos.
Quando chegamos à escola percebi que as arquibancadas e o palanque onde receberíamos os diplomas estavam do lado de fora da escola. Juntamos-nos a nossa turma e não demorou para todas as cadeiras estarem ocupadas, por alunos, formandos e familiares. Foram chamados para o palco o diretor, todos os professores, os paraninfos e patronos das turmas. Cantamos o hino nacional e então os oradores começaram a ser chamados, eu fui a última. Levantei com o coração martelando em meu peito e caminhei até o palanque, quando eu subi eu o vi, ele estava na última fileira e sorria orgulhoso me olhando, foi impossível não sorrir de volta.
- Boa noite a todos. “Quero agradecer: AOS NOSSOS PAIS: Que emprestaram-nos sua boca para que pudéssemos falar, seus pés para que pudéssemos andar, seu amor para que pudéssemos existir e como se a existência fosse pouco, deram parte de suas próprias vidas para que nossa existência tivesse algum sentido. Hoje, apesar de pensarmos saber bastante, não aprendemos ainda algo que seja suficiente e possa substituir o simples muito obrigado.
AOS MESTRES: "Ser mestre não é apenas lecionar, ensinar não é apenas transmitir o conteúdo programático. Ser mestre é ser orientador e amigo, guia e companheiro, é caminhar com o aluno passo a passo. É transmitir a este os segredos da caminhada. Ser mestre é ser exemplo de dedicação, de doação, de dignidade pessoal e de amor. O agradecimento sincero aos mestres e amigos; aos somente mestres, e àqueles que, com seus problemas e dores humanas, não foram amigos e nem mestres, mas que também passaram por nós.
E aos alunos eu faço uma pergunta
Por que estamos aqui esta noite?
Por que vestimos estas roupas complicadas,
embora muitos de nós preferíssemos estar usando confortáveis bermudas, por quê?
Por que enfrentamos um bom engarrafamento na hora da chegada?
Todos estes sacrifícios para quê?
E eu respondo, esses sacrifícios são para daqui alguns anos quando voltarmos para o encontro de ex-alunos, vermos: Pessoas que construíram casas, que nos protegem do tempo e de nós mesmos. Que construíram pontes que unem, ou separam povos. Pessoas que salvaram vidas, combateram doenças, desenvolveram técnicas de cirurgias. Sinto-me, agora, como Colombo partindo do porto de Palos, triste por deixar a sua terra, mas pronto para construir um novo mundo. O nosso mundo.”
Desci do palanque enquanto todos aplaudiam de pé. Busquei os olhos do meu amado pai e minha querida mãe e depois olhei os olhos dele e senti meu estômago se contorcer de um modo bom. Me sentei e as meninas tocaram minha mão sorrindo, retribuí o sorriso delas. A diretora falou por mais uns quinze minutos e então entregou os diplomas.
- Wanessa Black Cullen. – Ela chamou e eu caminhei até o palco novamente, sentindo meu peito arfar. Depois que todos pegamos os diplomas e que a diretora encerrou a primeira parte da formatura todos os formandos jogaram o capelo pro ar, sorrindo e abraçando uns aos outros. Nanda, Bia, Luly’s e eu fomos até o banheiro tirar as becas e quando voltamos nos juntamos aos nossos pais, que estavam sentados juntos em uma mesa.
- Aos formandos. – Papai falou erguendo sua taça de champanhe em um brinde e todos tocamos nossas taças na dele. O jantar foi servido e todos conversamos alegremente enquanto jantávamos. Após o jantar todos os alunos se dirigiram ao estádio coberto de jogos da Cúpula, e ele estava lindamente decorado com flocos de neve falsa por todos os lados, um palco de dança no centro do estádio, luzes dançavam por todos os lados. Enquanto entrávamos eu vi Arthur em um canto e discretamente fui até ele. Ele sorriu ao me ver aproximando.
- Parabéns. – Ele falou e antes que eu percebesse, ele me puxou em um beijo. Nossos lábios se tocaram causando arrepios por todo o meu corpo e tudo em volta sumiu, só existíamos nós dois. Eu reagi o beijando de volta com desejo, nossos lábios se movendo juntos.
- Que bom que você veio. – Falei depois que nos separamos, nossa respiração estava desregular.
- Eu não deixaria de vir por nada.
- Vem. Vou te apresentar as meninas. – Falei me afastando, vi algo estranho em seu olhar, pânico. Antes que ele respondesse Bia se aproximou de nós.
- Ness. – Ela chamou e arqueou a sobrancelha. – O que você está fazendo aqui sozinha? – Olhei para o Arthur atrás de mim, comprovando que ele ainda estava ali, por mais incrível que possa parecer, eu não me assustei. – Vamos dançar. – Bia falou sorrindo.
- Vai indo. Já me junto a vocês.
Esperei ela se afastar e me virei lentamente. Os olhos de Arthur beirava a loucura.
- Ness...
- Não. – O interrompi. – Eu não sei o que é isso, mas eu não quero saber, e nem entender. – Me aproximei e envolvi seu pescoço. – Eu amo você Arthur. É a única coisa que importa. – Somente quando as palavras saíram da minha boca eu vi como era verdade. Ele gargalhou.
- Dança comigo?
- Sim. – Falei olhando em seus olhos. Mas vi a Nanda vindo em minha direção. Ele suspirou e piscou.
- Mais tarde.
- Mais tarde. – Falei saindo antes que Nanda chegasse onde eu estava.

Proximo capitulo

Voce mudou minha vida

... – Confia em mim? – Perguntei e ele afirmou com a cabeça. – Então vem comigo. – Arthur me acompanhou até o lado de fora da escola, e entramos na limusine. Pedi ao motorista que nos levasse até nossa casa, como eu imaginava meus pais não estavam lá. Subimos o meu quarto. Coloquei uma musica lenta...

19 comentários:

Meu eu amei esse capitulo.
quando vc vai colocar o proximo em avisa
ta perfeito to loca pra ver quando ela vai saber de toda a verdade imagina como ela vai ficar

Ola eu adorei este cap.
quando é que postas outro tou super ansiosa e louca para o ler.
jinhos

Uau! Amei o Cap! e quero saber por que esse Arthur é invisivel pros outros! '-'

ain que curiosidadeee! :s

Continuaaa!

Eu amei o capítulo. Quero muito saber quem é esse Arthur. Capítulo perfeito.
Beijos

ai por favor posta mais capitulos estou ficando doida
rsrsrsrs

to loka pra q postem logo o proximo cap, ta maravilhosa o cap bjss San, ei jante se lembram q o Jason um dos gemeos é invisivel acho q existe outra pessoa q tbm é invisivel

eu amei esse capitulo

wow...
oque será que a Ness vai fazer?hein?hein?
hoho... louca pra saber
eu amei o cap
ele tava de mais e repito: to anciosa pra que ela descubra a verdade.
e mais uma coisa: peloamordedeus
pq só a Ness ve o Arthur????
Parabéns San
a fic tah cada vez melhor

oi pessoal valeu pelos comentarios
entao joyce mais pra frente todos entenderam o q o arthur é kk e pq so a ness o ve
bjao

MEU TA PERFEITO TO FICANDO LOKA PRA LER O PROXIMO CAPITULO.
AVISA QUANDO POSTAR
E TA PERFEITO
IMAGINEM QUANDO ELA DESCOBRIR OQ SAO OS PAIS DELAS E OS IRMAOS DELA PELO MENOS DESCOBRIR QUE TEM IRMAOS NÉ

Perfeito..mt ansiosa

Proximoooo cap!!

isso me mata essde negocio de colcoa trcho do proximo capp!!!

Ales

Perfeito acinosa pra ver proximo capitulo

ameii San! to ansiosa pro proximo capitulo!!
vai demorar muito pra ela conheçer a familia dela? o Arthur vai ta junto e aki quando ela ira conta pros pais dela o dom dela?
nu pronto fiz minhas perguntas!
bjoss
By: Bianca

Ai aiai.... Deixa a gente em papos de aranha!! Que agunia muié!!! Queremos mais!!!

Pra variar um pouquinho... você ta de parabens! huahuauahau
Abraços!

amei amei amei mil vezes!!
Sandry vc ja tem mais de 15 comentarios cade a postagem?
aff do andiosisiiimaa
quero que ela conheça os Cullens

já tem mais de 15 comentarios
posta mais

aew!!!!!!!!!!!!!!!!
meu deus !!!!1
ta mais q perfeito!!
e aqele finalzimjo q faz parte do proximo capitulo hum.............................!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
otimo!!!!!
ainda mando suas fics1!
bjs

Nossa ta lindo ta de parabens sandry

eu to muito curiosa pra ver o que vai acontecer !!!

Postar um comentário

Não esqueça de comentar, isso incentiva os escritores e também a mim que tento agradar a vocês.